Curitiba - PR

Surdo é preso após anunciar assalto com bilhete em Curitiba

“Isso é um assalto, passa tudo que eu estou armado”, disse o surdo por meio do bilhete.

Cinara Taumaturgo
Teresina
- atualizado

Um homem de 30 anos, que é surdo e mudo, foi preso em flagrante ao tentar roubar uma loja de conveniência de um posto de combustíveis. O acusado usou um bilhete escrito a mão para anunciar o assalto nesta quarta-feira (05), no bairro Água Verde, em Curitiba.

O indivíduo chegou na loja de conveniência e entregou o bilhete para uma funcionária anunciando o assalto. “Isso é um assalto, passa tudo que eu estou armado”, disse o surdo por meio do bilhete. A jovem então começou a gritar pedindo ajuda ao frentista, que imobilizou o acusado até a chegada da polícia.

“Foi assustador, porque mesmo ele não mostrando a arma, a gente leva a sério. Uma situação para lá de inusitada, mas que me deixou muito assustada mesmo. O alívio veio quando vimos que ele não estava armado”, afirmou a funcionária que não teve a identidade revelada.

Os policiais, que não sabiam libras (Linguagem Brasileira de Sinais), precisaram escrever em um papel para se comunicarem com o preso. Já na delegacia o acusado teve o apoio de um intérprete. Ele disse que iria roubar para comprar drogas.

O delegado Fábio Machado, que cuidou do caso, afirmou que foi a primeira vez que viu algo do tipo. “Para mim, inédito. Algo muito inusitado mesmo e que demonstra até certa fragilidade pela condição do preso”, explicou. O acusado não tem antecedente criminal, mas vai passar por uma audiência de custódia e pode responder em liberdade.