Lagoa do Piauí - PI

TCE imputa débito de R$ 136 mil ao ex-prefeito Matias Barbosa

A decisão é com base em uma Tomada de Contas Especial referente ao convênio de nº 04 no ano de 2010, executado na gestão de Matias Barbosa.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), em decisão do dia 15 de agosto, decidiu pela imputação de débito ao ex-prefeito de Lagoa do Piauí, Matias Barbosa, no valor de R$ 136.585,07 mil além de uma multa de 10% sobre o valor do débito, o que significa um valor de R$ 13.658,50 mil.

A decisão é com base em uma Tomada de Contas Especial referente ao convênio de nº 04 no ano de 2010, executado na gestão de Matias Barbosa, referente a construção de uma passagem molhada na localidade de Buriti Grande.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Tribunal de Contas do EstadoTribunal de Contas do Estado

A Tomada de Contas foi instaurada após a Secretaria de Infraestrutura do Estado do Piauí reprovar a prestação de contas, pela suposta não execução da obra e resultando em um dano ao erário de R$ 13.658,50 mil. Não consta no processo a defesa de Matias Barbosa.

Na decisão do dia 15 de agosto, os conselheiros entenderam que ocorreu dano ao erário por falta de comprovação, por meio de documentos sobre a execução da obra e com isso foi imputado débito no valor de R$ 136.585,07 mil para Matias Barbosa, que era o prefeito na ocasião.