Luzilândia - PI

TCE rejeita contas e prefeito Ronaldo Gomes pode se tornar ficha suja

As contas foram reprovadas por unanimidade pela Primeira Câmara do TCE na sessão do dia 03 de março de 2020.  

Gil Sobreira
Teresina
- atualizado

O prefeito de Luzilândia, Ronaldo de Sousa Azevedo, mais conhecido como “Ronaldo Gomes”, tem um empecilho que pode fulminar com suas pretensões eleitorais: o Tribunal de Contas do Estado emitiu parecer prévio recomendando a reprovação de suas contas referentes ao ano de 2017.

As contas serão enviadas a Câmara Municipal e para que o parecer do TCE seja rejeitado é necessário que pelo menos 2/3 dos vereadores, ou seja, 07 dos 11 parlamentares, votem contra ele. Caso este número não seja atingido, ele é mantido e o prefeito fica inelegível por oito anos, a partir daquela data.

  • Foto: Reprodução/FacebookRonaldo GomesRonaldo Gomes

Segundo o relator, conselheiro Jaylson Fabianh Lopes Campelo, foram inúmeras as irregularidades constatadas nas contas de Ronaldo Gomes, dentre elas, o ingresso extemporâneo de prestações de contas mensais; peças ausentes; atraso no envio da Prestação de Contas Anual; ausência de publicação de demonstrativos da LRF; despesa com ações e serviços públicos de saúde abaixo do limite legal; despesa de Pessoal do Poder Executivo acima do limite legal e deficiência no Portal da Transparência do município.

As contas foram reprovadas por unanimidade pela Primeira Câmara do TCE na sessão do dia 03 de março de 2020.

Outro lado

O prefeito não foi localizado pelo GP1.