Cristino Castro - PI

TCE reprova contas do ex-prefeito Valmir Falcão após irregularidades

Foi ainda determinado que o Ministério Público Estadual seja informado sobre as falhas encontradas para que tome providências.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) reprovaram as contas de gestão e de governo do ex-prefeito de Cristino Castro, Valmir Falcão referente ao exercício financeiro de 2016. A decisão foi publicada no Diário Oficial do TCE desta segunda-feira, 25 de fevereiro.

No julgamento foram analisadas irregularidades relacionadas a elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), atraso na prestação de contas, desrespeito ao limite constitucional de gasto com manutenção e desenvolvimento do ensino, divergências contábeis, débitos coma Eletrobras e Agespisa, entre outras coisas.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Tribunal de Contas do EstadoTribunal de Contas do Estado

Os conselheiros entenderam que no processo de defesa, o ex-prefeito não conseguiu sanar todas as falhas encontradas, por isso decidiram pela emissão de parecer prévio pela reprovação das contas de governo. Já as contas de gestão também foram reprovadas.

Foi ainda determinado que o Ministério Público Estadual seja informado sobre as falhas encontradas para que tome providências. Participaram do julgamento os conselheiros Joaquim Kennedy Nogueira Barros, Waltânia Maria Nogueira de Sousa Leal Alvarenga, Lilian de Almeida Veloso Nunes Martins, Delano Carneiro da Cunha Câmara e Alisson Felipe de Araújo.