São João da Fronteira - PI

TCE reprova contas e aplica multa ao ex-prefeito Valdifrâncis Mendes

Os conselheiros levaram em consideração algumas irregularidades encontradas na gestão de Valdifrâncis, que ele não conseguiu sanar no processo de defesa.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) reprovou a prestação de contas e aplicou multa ao ex-prefeito de São João da Fronteira, Valdifrâncis Mendes Escórcio de Brito, referente ao exercício financeiro de 2016.

Os conselheiros levaram em consideração algumas irregularidades encontradas na gestão de Valdifrâncis, que ele não conseguiu sanar no processo de defesa. Entre as irregularidades estão atrasos nos envios dos balancetes mensais, déficit de arrecadação, déficit tributário, despesa de pessoal do poder executivo acima do limite legal, divergências contábeis, ausência de peças de procedimentos licitatórios, débito junto à Eletrobras, entre outras coisas.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Tribunal de Contas do EstadoTribunal de Contas do Estado

Com base nisso, os conselheiros reprovaram as contas e aplicaram multa ao ex-prefeito no valor de 2.000 UFR-PI, equivalente a R$ 6.480 mil, a ser recolhida ao Fundo de Modernização do Tribunal de Contas (FMTC).

A decisão foi publicada no Diário Oficial dos Municípios desta quarta-feira, 16 de janeiro. Participaram do julgamento os conselheiros Waltânia Maria Nogueira de Sousa Leal Alvarenga, Lilian de Almeida Veloso Nunes Martins, Jackson Nobre Veras e Alisson Felipe de Araújo.