Tanque do Piauí - PI

TCE vai julgar inspeção na prefeitura de Tanque do Piauí

Na inspeção foram encontradas algumas falhas nas prestações de contas, por isso a procuradora do Ministério Público de Contas, Raïssa Maria Rezende de Deus Barbosa, pediu a aplicação de multa.

Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) vai julgar na próxima quinta-feira (26) uma inspeção realizada na Prefeitura de Tanque do Piauí, Francisco Pereira da Silva Filho, mais conhecido como Filho Tiú, referente ao exercício financeiro 2017.

Foi realizada uma inspeção na prefeitura de Tanque do Piauí, de 9 a 11 de maio, para verificar as prestações de contas municipais de janeiro e fevereiro, devido alegação de que estariam sendo encontradas dificuldades para o envio da documentação e que por isso estariam ocorrendo atrasos no envio.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Plenário do TCEPlenário do TCE

“Esclarecemos que a inspeção ocorreu no dia 10.05.2017 e a os demonstrativos contábeis foram enviados ao TCE no dia 26.04.2017, com as devidas assinaturas do Contador. Ocorre que houve esse lapso em relação às vias que foram anexadas ao balancete, posto que foram colocadas vias que estavam sem a assinatura do profissional contábil. Porém, a via que foi enviada ao TCE foi com as assinaturas postas”, disse o prefeito, justificando que não houve irregularidades nos documentos encaminhados.

Na inspeção foram encontradas algumas falhas nas prestações de contas, por isso a procuradora do Ministério Público de Contas, Raïssa Maria Rezende de Deus Barbosa, pediu a aplicação de multa de 750 UFR-PI, que dá um valor de R$ 2.467,5 mil, e de 3.000 UFR-PI, que dá R$ 9.870 mil, por atraso nas prestações.