Canto do Buriti - PI

TCE vai julgar regularidade de concurso em Canto do Buriti

No dia 7 de fevereiro, o procurador do Ministério Público de Contas, José Araújo Pinheiro Júnior, pediu os servidores que podem ser prejudicados, sejam notificados para se manifestarem sobre o caso.

Bárbara Rodrigues
Teresina

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) vai julgar na próxima terça-feira (7) a regularidade de concurso público de nº 01/2016 da Prefeitura Municipal de Canto do Buriti na gestão do prefeito Marcos Nunes Chaves, mais conhecido como Marquinhos. O objetivo é saber que o concurso aconteceu dentro da legalidade.

No julgamento serão analisadas irregularidades relacionadas a inconsistências cadastrais, relatório de gestão fiscal apontou que o índice de despesa com pessoal atingiu percentual de 54,47%, acima do limite legal que é de 54%, além do fato dos atos de admissão terem ocorrido além do limite de vagas legalmente criadas, entre outras coisas.

  • Foto: Facebook/Marquinhos ChavesPrefeito Marcos Nunes, mais conhecido como MarquinhosPrefeito Marcos Nunes, mais conhecido como Marquinhos

A Divisão Técnica do TCE acabou se manifestando pelo não registro de alguns dos atos de admissão de servidores que foram chamados para ocuparem vagas que estão além do limite legalmente estabelecido.

No dia 7 de fevereiro, o procurador do Ministério Público de Contas, José Araújo Pinheiro Júnior, pediu os servidores que podem ser prejudicados, sejam notificados para se manifestarem sobre o caso.

Em sua defesa, o prefeito Marquinhos disse que sanou todas as falhas encontradas e que “em relação ao edital, as falhas apontadas, em sua totalidade, têm natureza formal de modo que não trouxeram nenhum prejuízo para a regular realização do concurso público em análise, que transcorreu sem qualquer contestação dos candidatos interessados”.