Guadalupe - PI

Usina de Boa Esperança registra volume próximo da capacidade total

O nível do volume do reservatório apresentou grandes elevações desde o dia 7 de abril, quando a Chesf realizou a abertura de duas comportas da Barragem de Boa Esperança.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Conforme dados da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), dessa quinta-feira (25), o reservatório da usina de Boa Esperança, no município de Guadalupe, situado à 352 km de Teresina, apresentou um nível de armazenamento de 94,77%, sendo o maior entre os meses de março e abril.

O nível do volume do reservatório apresentou grandes elevações desde o dia 7 de abril, quando a Chesf realizou a abertura de duas comportas da Barragem de Boa Esperança. A companhia emitiu um boletim para Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), no qual informava o aumento da vazão de água para 800m³/s.

Devido aos volumes registrados, no dia 16 de abril, O Ministério Público Federal no Piauí, por meio da procuradora da República Cecília Vieira de Melo Sá Leitão, instaurou um procedimento para fiscalizar o funcionamento da Usina Boa Esperança.

A procuradora disse ter recebido um ofício informando sobre a existência de usinas hidrelétricas em operação no Estado do Piauí, que nos últimos dois anos não apresentaram comprovação de estarem em conformidade com a Lei nº 12.334/2010, na Política Nacional de Segurança de Barragens.

No dia 26 de março, o registro mais antigo disponível pela Chesf, o reservatório apresentava um volume bem menor, de apenas 74,81%, sendo que a vazão de água era de apenas 242 m³/s.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

MPF fiscaliza funcionamento da Usina Boa Esperança em Guadalupe

Reservatório de Boa Esperança registra volume de 90,64% em abril

Chesf abre comportas e aumenta vazão da Barragem de Boa Esperança