Teresina - PI

Vítima de tiroteio na praça do Dirceu poderá perder a visão

De acordo com a assessoria do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), Wesley deu entrada na unidade hospitalar, no dia 06 de março, vítima de arma de fogo.

Débora Dayllin
Teresina
Laura Moura
Teresina
- atualizado

Uma das vítimas de um tiroteio na Praça Cultural do Dirceu, no último dia 05 de março, Wesley Marques de Sousa, de 26 anos, poderá perder a visão.

De acordo com a assessoria do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), Wesley deu entrada na unidade hospitalar, no dia 06 de março, vítima de arma de fogo. “O paciente teve lesão nos dois olhos. Foi submetido a reconstrução de pálpebra do olho direito. Teve hemorragia interna e externa também nos dois olhos”, informou a nota.

Ainda de acordo com a assessoria do hospital, ainda não é possível afirmar que o jovem perderá completamente a visão, porém houve uma diminuição visual, principalmente do olho direito. “Ele apresenta diminuição da acuidade visual em ambos os olhos, sendo mais acentuado no olho direito. O HUT não pode afirmar que o paciente terá perda total da visão. O que pode ser adiantado é que o prognóstico é bastante reservado e a conduta é conservadora”, completou.

Entenda o caso

Na noite do último dia 05 de março, na Praça Cultural do Dirceu, pelo menos três pessoas foram atingidas por disparos de arma de fogo, durante uma festa que acontecia no local.

As vítimas são uma adolescente de 15 anos e dois homens identificados como Wesley Marques de Sousa, de 26 anos, e Felipe da Silva Morais, de 24 anos. Todos eles foram socorridos por populares que estavam na festa e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). As vítimas foram encaminhadas para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Uma guarnição do 8º Batalhão da Polícia Militar foi acionada, mas não conseguiu identificar os suspeitos de efetuar os disparos em via pública.

Mais conteúdo sobre: