Política

Wellington Dias critica discussão antecipada das eleições de 2022

O chefe do poder executivo estadual afirmou que não pensa em 2022 e tem trabalhado para sair fortalecido, junto com os seus aliados, na eleição deste ano.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Nesta sexta-feira (18) o governador Wellington Dias (PT) criticou a antecipação que tem ocorrido para a eleição de 2022, quando ocorre a escolha para o Governo do Piauí e o Senado Federal.

O rompimento entre o governador Wellington Dias e o senador Ciro Nogueira (PP) acabou aumentando a rivalidade entre eles, principalmente levando em consideração a eleição de 2022, onde o senador já deixou claro que tem intenção de concorrer ao governo.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wellington Dias Wellington Dias

Questionado sobre essa antecipação que tem ocorrido, o governador disse que esse é um momento para tratar apenas a eleição deste ano. “Eu vou trabalhar como sempre trabalhei. Em 2020 é eleição de 2020. Já pertinho de 2022, a gente trata sobre 2022”, afirmou o governador.

O chefe do poder executivo estadual afirmou que não pensa em 2022 e tem trabalhado para sair fortalecido, junto com os seus aliados, na eleição deste ano.

“Trabalhamos como um time e quero que no resultado da eleição, todo esse time saia fortalecido. Que o conjunto dos líderes saia integrado para que a gente saia com mais vereadores vereadoras, vice-prefeitos, vice-prefeitas, prefeitos e prefeitas, para que a gente tenha uma maior integração entre o projeto do estado e o município. Temos a maioria ampla no Piauí que acredita. É só olhar o que era o Piauí há 20 anos atrás, e a gente vê que grandes mudanças aconteceram. Tá bom? Não, mas vai ficar melhor”, destacou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

João Mádison diz que MDB estará com governador Wellington Dias em 2022

Ciro Nogueira diz que JVC tem projeto semelhante ao do PP em 2022

Firmino diz que oposição vai causar racha na base de Wellington em 2022

Mais conteúdo sobre: