Piauí

Wellington Dias lança sistema automatizado de gestão agropecuária

O presidente da Adapi, José Genilson Sobrinho, explicou que o sistema automatizado vai facilitar a emissão de documentos oficiais da agência.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

Solenidade de lançamento do Sistema Integrado de Gestão Agropecuá

O governador Wellington Dias (PT), por meio da Agência de Defesa da Agropecuária do Piauí (Adapi) inaugurou na manhã desta quinta-feira (12) o Sistema Integrado de Gestão Agropecuário do Piauí. A solenidade aconteceu no Palácio de Karnak.

“Estamos dando aqui mais um passo em uma área. Esses dias lançamos aqui o Sistema Eletrônico Informatizado com o Instituto de Terras, e aqui hoje com a Adapi. Já estamos trabalhando, já temos na Junta Comercial. O objetivo é garantir que todas as áreas do Estado, até o meio do próximo ano, tenham esse sistema, que vai tirar muito proveito do Piauí Conectado, que vai permitir facilitar a vida das pessoas”, declarou Wellington Dias.

O presidente da Adapi, José Genilson Sobrinho, explicou que o sistema automatizado vai facilitar a emissão de documentos oficiais da agência. “Esse sistema vai melhorar a emissão de documentos oficiais da Adapi junto com os agricultores, produtores e donos de propriedade. Eles poderão fazer, a partir do dia de hoje, seus lançamentos de vacina, de guia de transporte animal (GTA) e demais documentos relacionados a Adapi através desse sistema, sem precisar se deslocar até a agencia para solicitar esses documentos”, disse José Genilson Sobrinho.

Além de avaliar que o sistema vai dar maior comodidade para emitir as GTAs, o deputado Firmino Paulo (PP) disse que o governo vai ter maior controle da situação do estado, gerando assim melhor fiscalização.

“Temos dentro desse sistema uma maior comodidade para emitir as GTAs, que são as linhas de trânsito animais que são emitidas por todo o estão do Piauí. Essas vias antigamente eram emitidas de forma manual e agora vamos passar a utilizar um sistema informatizado. O estado vai ter o maior controle da situação agropecuária do estado e consequentemente irá ter uma melhor fiscalização do estado do Piauí”, afirmou Firmino Paulo.