Piauí

Wellington Raulino e cabo Mota trocam ofensas em grupo de WhatsApp

Em um dos áudios divulgados, o cabo mota afirma que o apresentador Wellington Raulino é um perverso, fofoqueiro e quando foi secretário em Altos não fez nada pela cidade.

Victória Xavier
Teresina
- atualizado

Nesta quinta-feira (12), o apresentador Wellington Raulino e o cabo Mota da Polícia Militar do Piauí trocaram ofensas e provocações em um grupo de WhatsApp.

Em um dos áudios divulgados, o cabo mota afirma que o apresentador Wellington Raulino é um perverso, fofoqueiro e quando foi secretário em Altos não fez nada pela cidade.

  • Foto: GP1Wellington Raulino e cabo MOtaWellington Raulino e cabo Mota

“Wellington Raulino vai lá para o Sul do estado, já saiu daqui foi escondido porque o homem dá de conta da vida de todo mundo, a vida dele é falar da vida alheia, cara se a tua estrela não brilha não procura apagar a dos outros não elemento ruim, tua vida é fuxicar, é falar da vida alheia, perverso”, disse o cabo Mota em áudio.

O apresentador Wellington rebateu as críticas do cabo Mota dizendo que o policial é um semianalfabeto, otário e abestado. “Esse cabo Mota que pra mim ele é um abestado, em primeiro lugar idiota eu nunca fui secretário de Prefeitura de Altos, nunca participei de governo de Elvira e você só é valente quando pega uma pirangueira, um pobrezinho para você tenta humilhar, você é uma vergonha na Polícia Militar do Piauí. Eu tenho certeza que nos tempos de hoje você não seria policial militar porque você é semianalfabeto, vai estudar e procurar ser alguém, deixa de ser otário, você quer ser vereador mas você não tem moral pra ser vereador”, finalizou o apresentador”, rebateu o apresentador em áudio.

Em seguida, o cabo Mota retrucou dizendo que Wellington Raulino deveria parar de denegrir as imagens das pessoas. "É preciso que se tenha coerência, é preciso que se tenha respeito. É por isso que eu falo, a gente não consegue apagar a luz do sol. Então, meu amigo, faça a sua parte de jornalista porque aqui na Capital e em toda a área do estado do Piauí, a polícia está trabalhando", afirmou.

O jornalista então diz que o cabo "é macho para pirangueiro, para ladrão de galinha".

O cabo rebate novamente, questionando porque o jornalista não continuou vivendo no Maranhão. "Eu fico pensando que é incrível tu com esse poder todo com essa língua. Por que tu não continuou no Maranhão, onde te pegaram e te amarraram?".

Wellington Raulino então finaliza dizendo que a "Polícia Militar tem gente boa, mas ruim também".

Ouça os áudios!

Após a confusão, o cabo Mota divulgou um vídeo nos grupos de WhatsApp. "Quero ver um bater na cara do cabo Mota. Antes de bater entra na .40", disse o cabo.

Mais conteúdo sobre: