Teresina - PI

Wilson Martins revela erros que não pretende repetir em 2018

"Bater quando tiver que bater. Ser contundente contra os incompetentes, corruptos, os envolvidos na Lava-Jato”, disse ele.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Posto como pré-candidato ao Senado Federal nas eleições de 2018, o ex-governador do Piauí Wilson Nunes Martins, presidente do Diretório do PSB do Estado, revelou ao GP1 as estratégias adotadas em 2014 que não pretende repetir no pleito do próximo ano.

Um dos pontos colocados por ele, é dar visibilidade ao resultado de sua gestão como governador, além de ser implacável com a os nomes envolvidos em escândalos de corrupção e que não tenham competência para representar a sociedade ocupando um cargo público.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Wilson Martins faz duras críticas ao atual governoWilson Martins faz duras críticas ao atual governo

“Comunicar mais. Mostrar a eficiência, transparência e grandeza do nosso Governo. Comparar com a incompetência e o desgoverno atual. Bater quando tiver que bater. Ser contundente contra os incompetentes, corruptos, os envolvidos na Lava-Jato”, disse ele.

Wilson Martins também fez um balanço do ano de 2017 e disse que no campo da política foi ruim e lamentou a falta de credibilidade dos Poderes. “Profissionalmente, a economia reagiu, um ano melhor do que 16. Politicamente, um ano ruim. O que fizeram de reformas política e trabalhista foi pouco, insuficiente e indevido. A Reforma da Previdência não saiu! O Congresso, o Governo e o Judiciário perderam a credibilidade”, ressaltou o ex-gestor.

Mais conteúdo sobre: