GP1

Teresina - Piauí

Pai de Santo Hadilton de Yansã morre em decorrência da covid-19

O líder espiritual foi diagnosticado com o novo coronavírus há cerca de 20 dias e acabou não resistindo às complicações da doença.

Na noite desta quinta-feira (31), o pai de santo e líder espiritual, Hadilton de Yansã, de 55 anos, morreu vítima de covid-19. Ele estava internado na UTI do Hospital de Urgência de Teresina.

O líder espiritual foi diagnosticado com o novo coronavírus há cerca de 20 dias. Diabético e hipertenso, pai Hadilton teve uma piora no estado de saúde e foi intubado. Ele chegou a fazer hemodiálise, devido a complicações nos rins.

No final de novembro, o babalorixá esteve à frente das comemorações dos 40 anos do terreiro Ilê Oyá Tadê – a Casa da Coroa de Yansã. A data foi celebrada com uma programação religiosa e cultural que contou com exposições, novenas, alvorada e confraternização entre seguidores e admiradores dos cultos afro-brasileiros.

Hadilton de Yansã administrava um dos terreiros de Umbanda e Candomblé mais conhecidos no Piauí. O espaço, que fica no bairro Itaperu, foi fundado em dezembro de 1980, tendo como padroeira Santa Bárbara. O babalorixá desde jovem começou a ter suas primeiras manifestações e aos 16 anos deu início ao seu sacerdócio.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.