GP1

Teresina - Piauí

Sindjor emite nota de pesar pela morte do jornalista Lívio Galeno

O apresentador morreu nesta quarta-feira (05) em um hospital da capital, vítima de infecção generalizada.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Piauí (Sindjor-PI) emitiu nota de pesar pela morte do jornalista Lívio Galeno, que faleceu no início da noite desta quarta-feira (05) em um hospital de Teresina, vítima de infecção generalizada.

“É com o mais profundo pesar que lamentamos o falecimento, nesta quarta-feira (05), do jornalista Lívio Galeno. Ele estava internado, desde sábado (01), no Hospital São Marcos, e se tratava de uma pneumonia que evoluiu para uma infecção generalizada’, diz a nota do Sindjor.

A entidade prestou solidariedade à família e aos amigos do apresentador da TV O Dia. “O Sindjor-PI presta solidariedade aos familiares de Lívio Galeno, especialmente à esposa Thalita Lima e a filha Eva, além dos amigos e colegas de trabalho que compartilhavam com ele a rotina jornalística e a vida”, finaliza a nota.

Lívio Galeno

Formado pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), Lívio Galeno tinha 36 anos e trabalhava no Sistema O Dia de Comunicação desde o ano de 2018, tendo participado de vários projetos da casa. O jornalista também passou pela Rádio Pioneira, TV Antares, e Grupo Cidade Verde.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.