Fechar
GP1

Teresina - Piauí

Teresina registra superlotação nos leitos covid, diz Gilberto Albuquerque

Apesar da alta demanda, o presidente da FMS garantiu que não há pessoas em fila de espera por leitos.

O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Dr. Gilberto Albuquerque, afirmou durante entrevista ao GP1, que o nível de ocupação de leitos covid-19 ultrapassou 85% em Teresina, o que caracteriza uma superlotação.

Durante sua fala, o presidente da FMS explicou que Teresina ainda não atingiu o nível máximo de lotação, portanto, ainda há leitos disponíveis, sendo eles de UTI ou leitos clínicos. No entanto, afirmou que a porcentagem já caracteriza uma superlotação na cidade.

Foto: Lucas Dias/GP1Gilberto Albuquerque
Gilberto Albuquerque

“Estamos com os leitos quase todos ocupados. Nós temos salas de estabilização, pré-UTI, e essas vagas já estão ocupadas, mas estamos na margem de mais de 85% de ocupação dos leitos covid-19, e isso já define superlotação”, disse.

Ainda durante entrevista, Dr. Gilberto revelou que diante da grande demanda, o Hospital Getúlio Vargas vai disponibilizar mais 10 leitos de UTI Covid-19 ainda nesta semana, com o intuito de atender toda demanda necessária. Além disso, ele afirmou que no momento não há pessoas em filas de espera por leitos.


“Não dá para dizer que tem pessoas em fila de espera porque como nossa ocupação é menor do que 100%, não dá pra dizer isso. Não ainda”, afirmou.

Casos em Teresina

Levantamento do GP1 realizado na manhã desta terça-feira, dia 1º, com base nos dados do Painel Epidemiológico Covid-19 da Fundação Municipal de Saúde (FMS), mostra que Teresina registrou 1.552 casos de covid-19 em uma única semana. Conforme o levantamento, os dados registrados são do domingo (23) até o sábado (29).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2024 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.