GP1

Piauí

Confira os caminhões que desfilaram no Corso 2017 em Teresina

O primeiro caminhão a entrar na avenida foi o Acessibilidade. Criada por Samara Costa, o objetivo do caminhão é fazer com que pessoas que possuam alguma deficiência possam participar do carna

Marcelo Cardoso/GP1 Samara Costa Samara Costa
Marcelo Cardoso/GP1 Samara Costa com o filho Edson Neto no Corso 2017 Samara Costa com o filho Edson Neto no Corso 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão Uber x Táxi participa do Corso 2017 Caminhão Uber x Táxi participa do Corso 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão Uber x Táxi no Corso 2017 Caminhão Uber x Táxi no Corso 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão Sabores do Mar no Corso 2017 Caminhão Sabores do Mar no Corso 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão Raízes Armagas participa do Corso de 2017 Caminhão Raízes Armagas participa do Corso de 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão Joias Raras também participa do Corso 2017 Caminhão Joias Raras também participa do Corso 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão Joias Raras no Corso 2017 Caminhão Joias Raras no Corso 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão Joias Raras no Corso 2017 Caminhão Joias Raras no Corso 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão Hippio Caminhão Hippio
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão do Raízes Armagas no Corso de 2017 Caminhão do Raízes Armagas no Corso de 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão "Deu Onda? A gente salva" no Corso 2017 Caminhão "Deu Onda? A gente salva" no Corso 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão Bombêdados Corso 2017 Caminhão Bombêdados Corso 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão Bis no Corso 2017 Caminhão Bis no Corso 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhão Acessibilidade no Corso 2017 Caminhão Acessibilidade no Corso 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhões no Corso de 2017 Caminhões no Corso de 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Caminhões Deuses da Folia no Corso 2017 Caminhões Deuses da Folia no Corso 2017
Marcelo Cardoso/GP1 Corso 2017 Corso 2017
Lucas Dias/GP1 Pessoas animadas no caminhão Pessoas animadas no caminhão
Lucas Dias/GP1 Foliões dentro dos caminhões Foliões dentro dos caminhões
Lucas Dias/GP1 Foliões animados no Corso 2017 Foliões animados no Corso 2017
Lucas Dias/GP1 Animação tomou conta das pessoas Animação tomou conta das pessoas
Marcelo Cardoso/GP1 Corso de Teresina Piauí Corso de Teresina Piauí
Marcelo Cardoso/GP1 Corso de Teresina  Corso de Teresina
Samara Costa
Samara Costa com o filho Edson Neto no Corso 2017
Caminhão Uber x Táxi participa do Corso 2017
Caminhão Uber x Táxi no Corso 2017
Caminhão Sabores do Mar no Corso 2017
Caminhão Raízes Armagas participa do Corso de 2017
Caminhão Joias Raras também participa do Corso 2017
Caminhão Joias Raras no Corso 2017
Caminhão Joias Raras no Corso 2017
Caminhão Hippio
Caminhão do Raízes Armagas no Corso de 2017
Caminhão "Deu Onda? A gente salva" no Corso 2017
Caminhão Bombêdados Corso 2017
Caminhão Bis no Corso 2017
Caminhão Acessibilidade no Corso 2017
Caminhões no Corso de 2017
Caminhões Deuses da Folia no Corso 2017
Corso 2017
Pessoas animadas no caminhão
Foliões dentro dos caminhões
Foliões animados no Corso 2017
Animação tomou conta das pessoas
Corso de Teresina Piauí
Corso de Teresina

Para o Corso 2017, a prefeitura de Teresina registrou 32 caminhões para a folia que aconteceu neste sábado (18) na Avenida Raul Lopes, na zona Leste de Teresina. Com muita irreverência, os foliões usaram a criatividade e foram usados temas diversos para esse ano.

O primeiro caminhão a entrar na avenida foi o Acessibilidade. Criada por Samara Costa, o objetivo do caminhão é fazer com que pessoas que possuam alguma deficiência possam participar do carnaval. O filho de Samara, Edson Neto, tem 16 anos e possui paralisia cerebral. Ela explicou que esse é seu quinto ano e que decidiu colocar um caminhão, pois o evento tinha problemas em garantir acessibilidade.

“Aqui temos pessoas com deficiência, idosos, um pessoal que representa a população, pela história do caminhão com acessibilidade. Esse é o nosso quinto ano. Aqui é voltado para a família, tenho um filho com deficiência, e essa é uma homenagem a ele. Decidimos colocar esse caminhão, pois para chegar ao corso tivemos limitações, e então daí venho nessa luta pela acessibilidade que é um direito de todos”, afirmou.

Em entrevista ao GP1, os participantes dos caminhões afirmaram que estavam feliz com a organização do evento e que vão participar novamente no próximo ano. O caminhão Colegialcool é o maior do Corso, com capacidade para 125 pessoas. Mateus Fonseca explicou que o caminhão foi idealizado por um grupo de amigos.

“Já tem uns 4 anos [que participamos]. É de um grupo de amigos e fazemos alguma coisa todo ano. Esse ano é o Colegialcool. Já foi o Hospitalcool, o Militalcool, mas aqui só tem pessoas maiores de 18 anos. Não tem ninguém menor de 18 anos, por isso o nome. Mesmo com a menor quantidade de caminhões, o nosso público fiel se manteve. Temos 125 participantes. É o maior caminhão registrado. Maior que isso não acontece”, disse.

O caminhão do Raízes Amargas participa pela primeira vez do evento. “Esse é o primeiro ano que estamos vindo. Raízes amargas é uma cachaça produzida aqui no Piauí. Aqui é uma festa bacana e temos a participação de 80 pessoas”, afirmou Rafael Bruno.

Karine Oliveira, do Lojão do Peixe, se reuniu com amigos e foram para a avenida com o caminhão Sabores do Mar. “Já faz 4 anos que colocamos o caminhão na rua para o corso. Estou gostando, esse ano viemos mais preparado e com uma equipe que nos auxiliar. Temos aqui funcionários e amigos”, explicou Karine.

Todos os caminhões vão participar de uma premiação promovida pela Prefeitura de Teresina. Serão levados em conta a originalidade, alegoria e adereços, animação e o cumprimento das normas. O primeiro colocado ganhará o valor de R$ 4 mil, o segundo colocado ficará com R$ 3 mil e o terceiro colocado com R$ 2 mil.

Os caminhões inscritos foram:

Acessibilidade, Conselho M. dos Idosos, De volta ao faroeste, Caminhão Fantasy, Fubika Elétrica, Os boitolas, Camarote Brahma, Foca na dieta, Colegialcool, Caminhão das pedras 90, Raízes amargas nordestinas, Era uma vez, Mc Kana, Discar Distribuidora, Sabores do mar, Paz no futebol, HIP, Bebahió, Táxi x Uber, Meu pai te ama!, Meu pai te ama, Baile anos 80, Super heróis e vilões, vamos ali salvar um amigo, Bombêbados, Deuses gregos, Opala, a jóia do Piauí! (Arre Égua), Carnaval da Paz, Deu onda? A gente salva, Tomorrouwcana, No clima da alegria e Esquadrão Suicida.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.