GP1

Piauí

Aplicativo do Sine mostra vagas de empregos disponíveis no Piauí

Em entrevista ao GP1, o diretor do Sine, Naliano de Neiva, afirmou que o aplicativo é uma boa alternativa, pois as pessoas não precisam mais ir ao Sine a procura de vagas de emprego.

Há dois meses o aplicativo “Atende Sine” está funcionando no Piauí e tem recebido diariamente de 300 a 500 solicitações. O programa é uma boa alternativa para quem deseja conferir vagas de emprego disponíveis, assim como os empresários que estão interessados em ofertar vagas, além de outros serviços.

Em entrevista ao GP1, o diretor do Sine, Naliano de Neiva, afirmou que o aplicativo é uma boa alternativa, pois as pessoas não precisam mais ir ao Sine a procura de vagas de emprego, já que através do aplicativo elas têm acesso a todas as informações e podem se cadastrar nas vagas que desejam. A ferramenta está disponível apenas para celulares com sistema Android.

  • Foto: Bárbara Rodrigues/GP1Naliano de Neiva, do SineNaliano de Neiva, do Sine

“Hoje o trabalhador e o empresário têm o Sine na palma da mão. Não precisa vir aqui. Tudo que oferecemos in loco está lá no aplicativo. Não precisa mais vir só para saber as vagas de emprego ou pegar uma informação. Se a pessoa quer ser mecânico, a pessoa se cadastra na vaga de emprego que achou e a pessoa não precisa nem vir aqui pegar a carta de encaminhamento, na hora que se cadastra na vaga, tem um link e lá é direcionado ao site do Ministério do Trabalho e Emprego, onde pode imprimir essa carta e assim já pode ir direto ao emprego. Em média recebemos de 300 a 500 solicitações por dia no aplicativo e tudo isso nossa equipe tem que responder”, explicou.

No Sine também ocorreram mudanças na forma como é feito os atendimentos. Agora existe um limite diário e é necessário fazer o agendamento. “Antigamente tínhamos uma fila enorme. Hoje acabou. A pessoa já vem sabendo o horário que será atendida. Só para ter uma ideia, atendemos hoje só no Sine central, em torno de 300 pessoas, de 7h30 às 13h30. Ás vezes chega aqui ás 11h30 e já não tem ninguém para ser atendido. Isso é porque nós organizamos. Pelo aplicativo a pessoa já agenda seu horário. Antes vinham mil pessoas em apenas um dia, então não tinha como atender em um só dia. Então estamos aqui a cada dia tentando resolver os problemas, eu sei que as dificuldades existem, que a crise econômica e política existem, mas não podemos ficar nessa questão do comodismo”, destacou o diretor.

Atualmente existem unidades localizadas no centro de Teresina, na Avenida José de Santo e Silva, no Parque Piauí, no Bairro Dirceu e no Shopping Rio Poty, no Espaço Cidadania. Alguns serviços ainda precisam ser feitos presencialmente, mas quem não tiver como usar o aplicativo, ainda pode ir até as sedes.

“A pessoa que antes vinha aqui só para pegar informação, hoje lá no aplicativo já tem as vagas ofertadas, os links para se cadastrar nas vagas, se a pessoa quer fazer um agendamento para tirar a carteira de trabalho, pode usar também. Antes a pessoa tinha que vir para agendar e depois retornar para ser atendido, então isso acabou”, finalizou o diretor Neiva.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.