GP1

Piauí

Juiz determina preventiva de quadrilha presa com cocaína em Teresina

A decisão foi dada nessa quarta-feira (11) pelo juiz de direito da Central de Inquérito da Comarca de Teresina, Valdemir Ferreira Santos.

O juiz da Central de Inquéritos, Valdemir Ferreira Santos, decidiu na quarta-feira (11) converter em preventiva as prisões em flagrante dos sete presos pelo Greco, DOE e DEPRE durante uma operação que apreendeu uma tonelada de cocaína e duas aeronaves na terça-feira (10), no bairro Pirajá na zona norte de Teresina.

Os presos Alexandre Barros Pereira de Meneses, de 33 anos, João da Cruz Marques dos Prazeres, de 47 anos, Vagner Farabote Leite, de 56 anos, e Alexandro Vilela de Oliveira, de 38 anos, estão respondendo por associação criminosa e tráfico de drogas

  • Foto: Divulgação/GRECOSuspeitos presos pelo GRECO com cocaína em TeresinaSuspeitos presos pelo GRECO com cocaína em Teresina

Já Renato Solon Gondim Magalhães, de 30 anos, e André Luís de Oliveira Caje Ferreira, de 44 anos, respondem apenas por tráfico de drogas. Já Alexandre Wagner Ferraz de Magalhães, de 39 anos, responde por se associar com outras pessoas com o objetivo de praticar crimes previstos na Lei de Tóxicos.

Na decisão o juiz Valdemir Ferreira Santos afirmou que existem requisitos necessários para a decretação da prisão preventiva, em alguns casos ele citou a gravidade do delito cometido e a periculosidade dos envolvidos.

Na decisão referente a Vagner Farabote, o juiz ainda determinou que seja encaminhado ofício ao hotel onde ele estava hospedado para que sejam fornecidas cópia das filmagens do estabelecimento no período em que Vagner estava hospedado.

Entenda o caso

Equipes do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Piauí, Divisão de Operações Especiais (DOE) e Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE) realizaram a apreensão de quase uma tonelada de cocaína na tarde de terça-feira (10) no bairro Pirajá, zona norte de Teresina.

De acordo com o delegado Tales Gomes, a investigação envolvendo o grupo criminoso resultou nas prisões de sete pessoas, sendo três pilotos de aeronaves, que também foram apreendidas. O grupo estava guardando os aviões em um aeroporto particular que seria utilizado para embarcar a droga com destino a Fortaleza.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Juiz determina incineração de cocaína apreendida pelo GRECO

Cocaína apreendida pelo GRECO seria levada para Fortaleza

Greco apreende quase uma tonelada de cocaína em Teresina

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.