GP1

Piauí

Samu disponibiliza equipe para o Corso do Zé Pereira de Teresina

A enfermeira Adélia Oliveira, responsável pelo atendimento do Samu no Corso, informou que até o início desta noite de sábado (23), não foi registrado nenhum caso que necessitasse de atendimen

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também está marcando presença e garantindo o resgate dos foliões do Corso de Teresina 2019.

A enfermeira Adélia Oliveira, responsável pelo atendimento do Samu no Corso, informou ao GP1 que até o início desta noite de sábado (23), não foi registrado nenhum caso que necessitasse de atendimento médico. “Ainda não teve nenhum caso hoje. Mas comum é excesso de bebida alcoólica. Muitas vezes vêm desmaiados, com hipoglicemia, falta de açúcar no sangue. Já pegamos casos de infarto, de paciente esfaqueado, paciente que caiu do caminhão”, informou Adélia.

“Quando é um caso mais grave a gente chama a ambulância e leva para o HUT. Mas aqui temos todo o suporte para atender qualquer paciente”, completou.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Adélia Oliveira do SAMUAdélia Oliveira do SAMU

HUT

Para garantir atendimento de qualidade aos foliões durante as festas de carnaval, a direção do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) realizou uma reunião nesta sexta-feira (22) com todos os gerentes dos setores responsáveis pelo abastecimento do Hospital. Clara Leal, diretora geral do HUT, solicitou aos gestores atenção redobrada com relação aos estoques de insumos e medicamentos, além da verificação mais apurada das escalas de plantões de todos os profissionais, já que o Corso marca o início do período carnavalesco.

Ano passado o HUT realizou 942 atendimentos e 225 cirurgias durante o carnaval. Esses números representaram um aumento de 18,3% no atendimento geral do hospital, com relação ao mesmo período do ano anterior. Dentre as vítimas de trauma o aumento que mais chamou atenção foi o de vítimas de arma de fogo, que representou um aumento de 91%, também se comparado com o carnaval de 2017.

Para atender a essa demanda o HUT oferece à população atendimento de urgência e emergência em 30 especialidades médicas, 24 horas por dia. Esses profissionais são especialistas em assistência ao trauma e somente no ano passado essas equipes realizaram 55.476 atendimentos e 13.915 cirurgias. A intenção é oferecer um serviço resolutivo que supra as necessidades da população, principalmente por conta do grande número de vítimas de acidentes de trânsito.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia amplia ação contra importunação sexual no Corso de Teresina

Caminhão “Alegria Não tem Idade” desfila com idosos no Corso de Teresina

Melhor fantasia do Corso de Teresina será escolhida pela internet

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.