GP1

Piauí

Rio Poti alaga casas no loteamento Vila Verde em Teresina

O autônomo Tiago Lima integra a extensa lista de moradores que vai precisar deixar a residência invadida pelas águas do rio Poti.

O GP1 segue percorrendo várias regiões da cidade de Teresina onde centenas de famílias estão sendo atingidas pelas águas do Rio Poti, devido ao grande volume de chuva que tem caído nos últimos dias. Nossa reportagem esteve na zona sudeste, mais precisamente na rua sete, do loteamento Vila Verde, Parque Jurema.

O autônomo Tiago Lima integra a extensa lista de moradores que vai precisar deixar a residência invadida pelas águas do rio Poti. Preocupado e indignado com a situação, Tiago criticou o valor disponibilizado pelo prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB) para pagamento de aluguel daquelas pessoas afetadas.

“Disse que estão fazendo um cadastro para ajudar no aluguel, parece que no valor de R$ 300. As vezes não é [suficiente o valor disponibilizado] porque o pessoal quando ver essa situação, eles já pedem um preço alto. Têm pessoas que se aproveitam já pedem um valor mais alto. Queria que eles [Prefeitura] dessem uma ajuda melhor, um apoio melhor para poder a gente ir para um lugar mais tranquilo e ficar sossegado”, lamentou o morador.

Além de Tiago, outras famílias já deixaram as casas com medo de mais chuvas e o consequente avanço maior das águas sobre as casas.

“Moradores de algumas casas abandonaram ainda a noite devido ao avanço das águas sobre as residências. Nós estamos saindo agora porque a água já está chegando. A gente já está com medo de perder as coisas. Estamos esperando a ajuda da Prefeitura com o caminhão”, contou o morador.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Rio Poti invade restaurante O Pesqueirinho na zona norte de Teresina

Rio Poti invade casas e deixa moradores desesperados no Água Mineral

Rio Poti invade ruas no Água Mineral e moradores deixam suas casas

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.