GP1

Piauí

Amigos lamentam morte prematura do otorrinolaringologista Tovar Luz

Tovar foi vítima de um acidente automobilístico na manhã desta terça-feira (10) na BR 343, em Teresina.

Facebook/Tovar Luz Amigos lamentam a morte do médico Tovar Luz Amigos lamentam a morte do médico Tovar Luz
Facebook/Tovar Luz Tovar Luz morreu em um acidente na BR 343 Tovar Luz morreu em um acidente na BR 343
Facebook/Tovar Luz O médico é natural da cidade de Simplício Mendes O médico é natural da cidade de Simplício Mendes
Facebook/Tovar Luz Tovar era médico otorrinolaringologista Tovar era médico otorrinolaringologista
Facebook/Tovar Luz Os amigos fizeram homenagens a Tovar nas redes sociais Os amigos fizeram homenagens a Tovar nas redes sociais
Facebook/Tovar Luz Tovar Vicente da Luz tinha 36 anos Tovar Vicente da Luz tinha 36 anos
Instagram/Adriana Sousa A médica Adriana Sousa também prestou homenagem ao otorrinolaringologista A médica Adriana Sousa também prestou homenagem ao otorrinolaringologista
Amigos lamentam a morte do médico Tovar Luz
Tovar Luz morreu em um acidente na BR 343
O médico é natural da cidade de Simplício Mendes
Tovar era médico otorrinolaringologista
Os amigos fizeram homenagens a Tovar nas redes sociais
Tovar Vicente da Luz tinha 36 anos
A médica Adriana Sousa também prestou homenagem ao otorrinolaringologista

Amigos de Tovar Vicente da Luz utilizaram as redes sociais para lamentar a morte prematura do médico. Tovar foi vítima de um acidente automobilístico na manhã desta terça-feira (10) na BR 343, em Teresina.

“Que Maria Santíssima conforte a todos... Muito triste”, escreveu um amigo no Facebook de Tovar.

“Ainda em choque, sem acreditar que um ser de luz, humilde e de coração puro possa ter partido”, escreveu uma amiga do médico. “Agora tenho mais certeza que a vida é um sopro”, escreveu outro colega de Tovar.

Bom médico

Uma amiga de Tovar disse que recebeu a notícia com “dor no coração” e relatou que o médico devolveu a saúde de sua filha. “Por tuas mãos devolveste a saúde de minha filha e hoje eu peço ao Senhor que o receba em seu Reino. Dor no meu coração com essa triste notícia. Que Deus conforte toda família nesse momento”, escreveu.

“Ser humano maravilhoso”

Uma amiga rogou a Deus para que conforte os familiares e disse que o otorrinolaringologista era um “ser humano maravilhoso”.

“Dr. Tovar que Deus em Sua infinita misericórdia te receba para seguir sua viagem em paz! Obrigada pelo ser humano maravilhoso e pela sua contribuição aqui neste plano. Que Nossa Senhora e Deus todo poderoso conforte sua família dando paz e sabedoria”, escreveu.

Adriana Sousa

A médica Adriana Sousa, que disputou o cargo de deputada federal em 2018, também publicou uma homenagem ao médico nas redes sociais.

“Jovem, inteligente, um ser humano incrível que deixará muitas saudades não somente aos familiares, esposa, amigos e pacientes, mas em todos aqueles que tiveram o prazer de conviver com essa pessoa maravilhosa. Deus o receba em um bom lugar na sua nova morada, conforte o coração dilacerado da família com todo o seu amor”, escreveu.

O acidente

O médico otorrinolaringologista Tovar Vicente da Luz, de 36 anos, morreu em uma colisão envolvendo o veículo que conduzia, um Honda Civic EX CVT e uma carreta Volvo FH 540 por volta das 6h30 desta terça-feira (10), em frente ao condomínio Fazenda Real, na BR 343, em Teresina.

Segundo a PRF, a carreta, carregada com cimento, vinha no sentido Altos/Teresina, enquanto o veículo seguia no sentido Teresina/Altos.

O médico era casado com a servidora do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) Gabriela Matos e era genro do advogado e ex-secretário de Justiça Tadeu Matos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Médico Tovar Luz morre em acidente envolvendo carreta na BR 343

"Ele era um médico muito humano", afirma primo de Tovar Luz

Hospital Flávio Santos fecha após falecimento do médico Tovar Luz

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.