GP1

Piauí

Justiça marca julgamento de acusado de matar adolescente no Dirceu

O réu é acusado de assassinar Vitor Alves Lima, de 16 anos, que foi morto a tiros em outubro de 2016.

A 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri, da Comarca de Teresina, do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), marcou a audiência de instrução e julgamento de Pedro Leonardo de Araújo Amâncio para o dia 9 de dezembro deste ano. O réu é acusado de assassinar Vitor Alves Lima, de 16 anos, a tiros em outubro de 2016.

No dia 9 de outubro de 2017, o juiz Antônio Reis de Jesus Nollêto concedeu liberdade provisória ao réu, pois considerou que ele passou mais de 7 meses preso.

O crime

No dia 29 de outubro de 2016, por volta das 14h20, o adolescente de 16 anos foi assassinado em um terreno baldio, localizado na Avenida Noé Mendes, ao lado do Condomínio Noé Fortes, bairro Tancredo Neves, zona sudeste de Teresina. A motivação segundo a polícia seria um acerto de contas. A vítima foi alvejada com um tiro nas costas e veio à óbito no local do crime.

Prisão

No dia de fevereiro de 2017, foi cumprido um mandado de prisão contra Pedro Leonardo de Araújo Amâncio. Após ser preso, o acusado confessou o crime e explicou a motivação do assassinato.

“No depoimento ele revelou que era parceiro da vítima e que Vitor havia furtado um celular da namorada dele [Leonardo] e que durante esse roubo chegou a dar tapas na namorada do acusado. Então, Pedro Leonardo foi tomar satisfação. Ele ainda afirmou que a vítima estava o ameaçando de morte. Ele disse que marcou um encontro com a vítima [Vitor] e que foi armado. Quando chegou ao local ele afirma que a vítima deu as costas para ele e tentou correr. Então o Léo puxou a arma e efetuou os disparos”, relatou o delegado Barêtta.

Ainda de acordo com o delegado Barêtta, o acusado utilizou um revólver calibre .38 para matar Vitor Alves e o acusado já tinha passagens pela polícia pelos crimes de roubo e furto.

NOTÍCIA RELACIONADA

Adolescente é assassinado com tiro nas costas no bairro Dirceu

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.