GP1

Piauí

Juiz manda soltar acusado de assassinar pintor a tiros no Esplanada

O Ministério Público do Piauí (MPPI) opinou favorável ao deferimento do pedido de liberdade, requerendo que a prisão fosse substituída por medidas cautelares. A decisão foi dada no último dia

O juiz Antônio Reis de Jesus Nollêto, da 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri, concedeu liberdade a Alaniel Inácio de Sousa Lima, acusado de assassinar o pintor Anderson Amorim de Carvalho no dia 1º de agosto de 2018. A decisão foi dada no último dia 20 de abril.

O Ministério Público do Piauí (MPPI) opinou favorável ao deferimento do pedido de liberdade, requerendo que a prisão fosse substituída por medidas cautelares.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilAlaniel Inácio de Sousa LimaAlaniel Inácio de Sousa Lima

Nos autos o magistrado apontou que a prisão do acusado ultrapassou o prazo determinado pela Justiça e por não ter apresentado comportamento agressivo, poderá concluir a instrução processual em liberdade.

“Ocorre que, deve-se considerar que a prisão do pronunciado perdura por prazo bastante superior, sendo que, durante esse tempo, ele respondeu regularmente ao feito, não há informação nos autos de comportamento agressivo durante a sua custódia. Dessa forma, a instrução processual pôde ser concluída em tempo razoável”, destacou.

Como medidas, foi determinado que Alaniel não se ausente de Teresina, ou de sua residência; que compareça a todos atos do processo sempre que for intimado; deverá informar sobre eventual mudança de endereço e não deverá poderá praticar condutas delitivas.

Relembre o caso

Um pintor identificado como Anderson Amorim de Carvalho, 29 anos, foi alvejado com pelo menos dois tiros, no início da tarde de 1º de agosto de 2019, no bairro Esplanada, zona sul de Teresina. A vítima deixou a esposa e quatro filhos.

De acordo com informações do delegado Jarbas Lima, da Delegacia de Homicídios, trata-se de um crime de execução. "A informação que a gente tem é que ele estava em outra rua, foi perseguido, recebeu os disparos que não sabemos precisar quantos ao certo ainda e caiu aqui, vieram pra executar ele mesmo. Mas a priori foram encontradas duas cápsulas de . 40 deflagradas. Vamos levar para a perícia e vamos ver quantos disparos o atingiram. Só deu para ver até agora um disparo nas costas. Algumas pessoas disseram que os suspeitos estavam em um carro de cor escura. Ainda vamos apurar isso também", informou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, Anderson responde pelo crime de homicídio. "A gente pesquisou a vida pregressa dele, ele responde por um crime de homicídio no ano de 2016, juntamente com Alekysander Kelvin William Thomson Sousa Silva. A vítima era Edvan da Conceição Leal Pereira. A gente vai investigar no caso se isso foi uma vingança", revelou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Pintor é morto com tiro nas costas no bairro Esplanada em Teresina

TJ nega liberdade a acusado de matar três pessoas em Teresina

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.