GP1

Piauí

Juiz manda soltar acusado de matar homem com paulada em Agricolândia

A decisão é do juiz José Eduardo Couto de Oliveira e foi dada no último dia 14 de janeiro.

O juiz José Eduardo Couto de Oliveira, respondendo pela Vara Única de São Pedro do Piauí, mandou soltar Francisco das Chagas Alves de Oliveira, acusado de matar Osvaldo Barroso, de 67 anos, com uma paulada na cabeça, em Agricolândia, no dia 8 de janeiro. A decisão foi dada no dia 14 deste mês.

O magistrado destacou que a liberdade do acusado não poderá provocar insegurança à ordem pública e que as circunstancias em que aconteceu o crime, não aponta de fato sua periculosidade.

Foto: Reprodução/WhatsappOsvaldo Barroso
Osvaldo Barroso

“Primeiro, não há qualquer circunstância que demonstre que a liberdade do capturado venha provocar insegurança à Ordem Pública, sobretudo diante do fato que as circunstâncias específicas nas quais, o suposto crime em comento, foram cometidas não denotam que o indivíduo possua periculosidade suficiente para ser cautelarmente segregado, vez que não possui antecedentes criminais, e possui residência fixa”, pontuou.

Relembre o caso

Um trabalhador rural identificado como Osvaldo Barroso, de 67 anos, morreu após sofrer uma paulada na cabeça na madrugada de 8 de janeiro em Agricolândia.

Segundo o subtenente Geailson Lima, comandante do Grupamento de Polícia Militar (GPM) da cidade, o crime ocorreu por volta das 00h durante uma confusão entre familiares na própria residência da vítima. Além de Francisco, o sobrinho da vítima, identificado como Reginaldo Barroso da Silva, também é suspeito do crime e continua preso.

Com colaboração do repórter Valdomiro Gomes

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.