GP1

Piauí

Demóstenes Ribeiro pede interdição de trecho da Raul Lopes aos domingos

O educador físico pediu a proibição da circulação de carros em um trecho nos dias de domingo para prática de atividades físicas.

A Avenida Raul Lopes é hoje um dos locais de Teresina mais frequentados por aqueles que praticam atividades físicas. Todos os dias, inúmeros teresinenses percorrem toda a extensão da via, em caminhada ou de bicicleta. Devido ao fluxo crescente, o educador físico Demóstenes Ribeiro viu a necessidade de se liberar mais espaço no local e pediu a proibição da circulação de carros em um trecho nos dias de domingo.

Em um vídeo enviado ao GP1 nesta segunda-feira (18), Demóstenes explicou que a população teresinense já criou o hábito de fazer exercícios na Raul Lopes e por conta disso o número de pessoas circulando na avenida é grande. Como os carros trafegam normalmente no local, o professor ressalto os riscos de acidente, e lembrou que o pouco espaço também gera aglomeração, o que não é indicado em virtude da pandemia da covid-19.

“O povo de Teresina já criou o hábito de vir para cá, fazer suas atividades aqui, famílias inteiras vêm para cá cuidar da saúde, combater o sedentarismo, só que nessas condições fica muito complicado, porque realmente a quantidade de gente é enorme, está tendo aglomeração, sem falar no risco de acidentes”, afirmou.

Foto: Lucas Dias/GP1Demóstenes Ribeiro
Demóstenes Ribeiro

Diante disso, Demóstenes Ribeiro pediu que a Prefeitura de Teresina providencia a interdição da via que fica às margens do Rio Poti nos dias de domingo, no horário das 17h às 20h, de modo a garantir mais espaço e mais conforto às pessoas.

“Venho aqui apelar para a sensibilidade da nova gestão, para que aos domingos das 17h às 20h feche esse lado da pista para os carros e que ele fique exclusivo para a prática de atividades físicas”, pontuou o educador físico.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.