GP1

Piauí

Nouga Cardoso conclui planejamento de retomada das aulas em Teresina

A Semec retorna com às aulas no próximo dia 1° de março, no formato hibrido para os alunos do 2°, 5° e 9° ano, alternando entre aulas presenciais e remotas.

O secretário de Educação de Teresina, Nouga Cardoso, encerrou nesta segunda-feira (15) as reuniões com os diretores de escolas para apresentação das diretrizes adotadas para o retorno às aulas na Rede Municipal da Capital. Os gestores participaram das discussões divididos por zona de atuação, contemplando todas as 317 unidades de ensino.

A Semec retorna com às aulas no próximo dia 1° de março, no formato hibrido para os alunos do 2°, 5° e 9° ano, alternando entre aulas presenciais e remotas. Os demais alunos continuarão com as aulas remotas em casa.

Foto: Lucas Dias/GP1Secretário Nouga Cardoso
Secretário Nouga Cardoso

“O retorno às aulas foi decidido com a participação de várias autoridades. A secretária procurou ouvir representantes de vários setores, principalmente, profissionais que lidam com vidas, dentre eles, médicos infectologistas. Estamos tomando todos os cuidados recomendados pela Vigilância Sanitária. Além disso, a formação que estamos concluindo hoje, teve como um de suas pautas, a discussão sobre o protocolo a ser seguido”, disse o secretário.

O secretário disse aos diretores que toda a Semec está compromissada em retornar com as atividades com responsabilidade.

“Vivemos momentos bem difíceis, onde cada um de nós tem o compromisso de lutar por sua vida e pela do seu próximo. A cada dia temos um novo desafio e uma nova conquista a ser alcançada. A saúde de nossas crianças depende de todos, de forma integrada. Estamos sempre abertos para o diálogo, por que assim, alcançamos um melhor desempenho de nossas funções. Temos o compromisso de buscar sempre o melhor”, enfatizou Nouga.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.