GP1

Piauí

Juíza mantém júri de acusado de matar guarda municipal em Parnaíba

A decisão da juíza Maria do Perpetuo Socorro Ivani de Vasconcelos foi dada na terça-feira (13).

A juíza Maria do Perpetuo Socorro Ivani de Vasconcelos, 1ª Vara Criminal da Comarca de Parnaíba, manteve a sentença que determinou que o mototaxista Francisco Mário Veras Ferreira vá a Júri Popular acusado de matar a facadas o guarda municipal Marcos Vinicius Santos Cronemberger e ferir outro durante uma abordagem na cidade de Parnaíba em 2020. A decisão foi dada na terça-feira (13).

Inconformado com a sentença de pronúncia, a defesa do mototaxista ingressou com recurso em sentido estrito pleiteando a desclassificação ou, caso não o seja, a remessa dos presentes autos ao Tribunal de Justiça.

Foto: Reprodução/FacebookMario Veras
Mario Veras

No recurso, a defesa pediu para que a decisão que pronunciou o acusado fosse reformada para o fim de desclassificar a conduta para lesão corporal seguida de morte prevista no art. 129, § 3º e lesão corporal no art. 129, todos do CP.

Em sua manifestação, o representante do Ministério Público do Estado do Piauí apresentou contrarrazões pugnando pelo recebimento do recurso e indeferimento do juízo de retratação.

A magistrada destacou em sua decisão que os indícios de autoria recaem sobre o acusado, não havendo prova cabal em contrário, além da própria confissão do acusado.

“Assim, existindo prova da existência do crime e indícios suficientes de que seja o recorrente o autor, a decisão de pronúncia deve ser mantida, uma vez que os fundamentos bem resistem às razões do recurso”, decidiu a juíza que determinou o envio dos autos ao Tribunal de Justiça de do Piauí.

Relembre o caso

Um guarda municipal identificado como Marcos Vinicius Santos Cronemberger foi assassinado a facadas por volta de 17h30, de 23 de setembro de 2020, e outro guarda ficou gravemente ferido, depois de terem sido atacados pelo mototaxista Francisco Mário Veras Ferreira durante uma abordagem de rotina, na Praça da Graça, localizada no centro histórico de Parnaíba.

Foto: Reprodução/WhatsappMarcus Vinicius
Marcus Vinicius

De acordo com informações do coronel Pacífico, comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar de Parnaíba, os agentes foram surpreendidos pelo suspeito, que depois do crime empreendeu fuga, deixando a motocicleta para trás. “Eles foram abordar um mototaxista que estava com moto sem placa e, durante a conversa, foram surpreendidos pelo mototaxista que estava com uma faca e acabou esfaqueando os agentes.

Ainda segundo o comandante os guardas chegaram a ser levados para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), no entanto, um deles não resistiu aos ferimentos e faleceu, o outro foi levado para o centro cirúrgico.

Francisco Mário foi preso, no dia seguinte, na praia de Barra Grande, no vizinho município de Cajueiro da Praia, litoral do Piauí.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.