GP1

Polícia

Mulher de 35 anos morre eletrocutada em frente ao HGV

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionado, para realizar os atendimentos iniciais, porém, ao chegar no local já não havia mais nada a ser feito.

Marcelo Cardoso/GP1 O fato aconteceu no centro de Teresina O fato aconteceu no centro de Teresina
Marcelo Cardoso/GP1 Populares assustados com a fatalidade Populares assustados com a fatalidade
Marcelo Cardoso/GP1 O fato aconteceu por volta das 11h O fato aconteceu por volta das 11h
Marcelo Cardoso/GP1 A vítima morreu após pisar no fio que estava no chão A vítima morreu após pisar no fio que estava no chão
Marcelo Cardoso/GP1 Capitão Sousa Marques Capitão Sousa Marques
Marcelo Cardoso/GP1 IML recolhendo o corpo IML recolhendo o corpo
Marcelo Cardoso/GP1 Equatorial esteve no local Equatorial esteve no local
Marcelo Cardoso/GP1 Técnicos da Equatorial no local Técnicos da Equatorial no local
Marcelo Cardoso/GP1 Equipe da equatorial Equipe da equatorial
Marcelo Cardoso/GP1 Mulher morre eletrocutada na frei serafim Mulher morre eletrocutada na frei serafim
Marcelo Cardoso/GP1 IML no local para remover o corpo IML no local para remover o corpo
O fato aconteceu no centro de Teresina
Populares assustados com a fatalidade
O fato aconteceu por volta das 11h
A vítima morreu após pisar no fio que estava no chão
Capitão Sousa Marques
IML recolhendo o corpo
Equatorial esteve no local
Técnicos da Equatorial no local
Equipe da equatorial
Mulher morre eletrocutada na frei serafim
IML no local para remover o corpo

Uma mulher identificada como Maria Lucélia Amarante da Silva, de 35 anos, morreu eletrocutada no final da manhã desta segunda-feira (30), por volta de 11h, próximo a um dos trailers na Avenida Frei Serafim, em frente ao Hospital Getúlio Vargas, no Centro de Teresina.

Segundo o Coordenador de Policiamento de Unidade do 1º Batalhão da Polícia Militar do Piauí (PM-PI), capitão Sousa Marques, populares relataram que outras pessoas já haviam sofrido descarga elétrica no trailer em que Maria Lucélia acabou encostando e foi a óbito imediatamente após sofrer a descarga elétrica.

“Essa senhora morreu após encostar em um trailer perto do Hospital Getúlio Vargas. Algumas pessoas já haviam reclamado que esse trailer dava choque. O perito nos confirmou que foi choque elétrico, foi realizado um aterramento mal feito e veio a tirar a vida dessa senhora. Ela pisou em cima do aterramento e sofreu a descarga elétrica”, informou o capitão.

Ainda segundo o capitão Sousa Marques, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionado, para realizar os atendimentos iniciais, porém, ao chegar no local já não havia mais nada a ser feito. Após mais de três horas de espera, o Instituto de Medicina Legal de Teresina (IML) se descolou até o local e removeu o corpo da vítima.

Equatorial se manifesta

A Equatorial esclareceu, através de nota, que encaminhou uma equipe ao local, mas que "não foram encontradas inconformidades na rede de distribuição que possam ter relação com o acidente". Veja nota na íntegra abaixo:

Nota Caso Frei Serafim

A Equatorial Piauí esclarece que, ao tomar conhecimento do episódio que resultou em óbito no final da manhã desta segunda-feira (30), na Avenida Frei Serafim, centro da capital, enviou uma equipe técnica em caráter de urgência para avaliar a rede de atendimento do cliente e não foram encontradas inconformidades na rede de distribuição que possam ter relação com o acidente. As equipes não avaliaram as instalações internas do trailer envolvido pois o espaço encontrava-se fechado no momento.

A Equatorial informa que segue acompanhando o caso, e aguarda o resultado da perícia que está sendo realizada pelos órgãos competentes que investigam as causas do óbito.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.