GP1

Polícia

Jovem é encontrado morto e com olhos mutilados na zona sul de Teresina

No corpo da vítima há pelo menos cinco perfurações, sendo três na região do pescoço e outras duas no abdômen.

Alef Leão/ GP1 Policial da Companhia independente do promorar Policial da Companhia independente do promorar
Alef Leão/ GP1 Local onde o corpo foi encontrado Local onde o corpo foi encontrado
Alef Leão/ GP1 Policiais da companhia independente do promorar atenderam a ocorrência Policiais da companhia independente do promorar atenderam a ocorrência
Alef Leão/ GP1 O crime aconteceu na região do povoado alegria O crime aconteceu na região do povoado alegria
Alef Leão/ GP1 Polícia militar isolou o local Polícia militar isolou o local
Alef Leão/ GP1 O homicídio ocorreu na Zona Sul de Teresina O homicídio ocorreu na Zona Sul de Teresina
Alef Leão/ GP1 Viatura da Polícia Militar no local de crime Viatura da Polícia Militar no local de crime
Alef Leão/ GP1 Estrada onde o corpo foi encontrado Estrada onde o corpo foi encontrado
Alef Leão/ GP1 Cabo Ribamar Cabo Ribamar
Policial da Companhia independente do promorar
Local onde o corpo foi encontrado
Policiais da companhia independente do promorar atenderam a ocorrência
O crime aconteceu na região do povoado alegria
Polícia militar isolou o local
O homicídio ocorreu na Zona Sul de Teresina
Viatura da Polícia Militar no local de crime
Estrada onde o corpo foi encontrado
Cabo Ribamar

Por volta de 6h da manhã desta quarta-feira (15), o corpo de um jovem foi encontrado com diversos disparos de arma de fogo e os olhos mutilados em uma estrada vicinal no residencial Nova Alegria II, zona sul de Teresina.

De acordo com informações do cabo Ribamar, da Companhia Independente de Policiamento do Promorar, o corpo ainda não foi identificado porque o rosto encontra-se desfigurado, mas trata-se de um jovem de aproximadamente 20 a 25 anos.

“O corpo foi encontrado no término dos conjuntos dando acesso à estrada principal da Alegria. Fomos acionados por populares e notamos que é um rapaz de cor branca e cabelo baixo. Pela experiência que nós temos ele foi executado aqui mesmo, porque o sangue ainda está muito fresco, provavelmente, foi por volta das 4h da madrugada”, informou o cabo Ribamar.

No corpo da vítima há pelo menos cinco perfurações, sendo três na região do pescoço e outras duas no abdômen. Chama atenção os requintes de crueldade do crime, já que o jovem teve suas pálpebras cortadas.

O local foi isolado pela Polícia Militar até a chegada da perícia criminal. As investigações ficarão a cargo do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.