GP1

Polícia

Acusado de matar morador de rua por vingança é preso pelo DHPP

A vítima foi assassinada na manhã do dia 31 de dezembro de 2019, próximo ao prédio da Secretária Municipal de Administração e Recursos Humanos (SEMA), no Centro de Teresina.

A Polícia Civil do Piauí, por meio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa – DHPP, prendeu na tarde desta terça-feira (22), Fred Henrique Mendes Marinho acusado de assassinar Sérgio Ricardo Mendes Nascimento com uma facada no peito, no dia 31 de dezembro de 2019, na Rua Firmino Pires, no Centro de Teresina.

Segundo os investigadores do DHPP, o acusado confessou que cometeu o crime por vingança, já que a vítima tinha tentado lhe matar no passado. A captura do indivíduo só foi possível após uma mandado de prisão preventiva expedido pelo Poder Judiciário.

  • Foto: DivulgaçãoCâmera flagra homem sendo esfaqueado no Centro de TeresinaCâmera flagra homem sendo esfaqueado no Centro de Teresina

Entenda o caso

O corpo de Sérgio Ricardo foi achado por populares próximo ao prédio da Secretária Municipal de Administração e Recursos Humanos (SEMA), por volta de 7h30min. No dia do crime, o Serviço de Atendimento móvel de Urgência chegou a ser acionado, mas quando chegou o homem já estava morto.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Sérgio Ricardo Mendes do NascimentoSérgio Ricardo Mendes do Nascimento

O Departamento de Homicídios Proteção à Pessoa teve dificuldades para identificar a vítima que não portava nenhuma documentação. A polícia só chegou a identidade do morto, após imagens do momento do crime serem divulgadas e a família reconhecer o homem.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DHPP identifica homem morto com facada no peito no Centro de Teresina

Câmera flagra homem sendo esfaqueado no Centro de Teresina

Corpo de homem é encontrado com perfuração de faca no Centro de Teresina

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.