GP1

Polícia

Bebê morre após sofrer maus-tratos em Teresina; pais são suspeitos

A informação foi repassada pelo coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o delegado Barêtta.

Um bebê de apenas 2 meses morreu na tarde desse domingo (10), no Hospital Dr. Mariano Gayoso Castelo Branco, no bairro Santa Maria da Codipi, com suspeita de maus-tratos por parte dos pais, em Teresina.

Segundo o Delegado Barêtta, coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), por volta das 15h, a Central de Operação Policiais Militares (COPOM) entrou em contado com o DHPP informando que um bebê de apenas 2 meses, do sexo feminino, havia falecido no Hospital da Santa Maria da Codipi, com uma fratura na costela.

Foto: Lucas Dias/GP1Delegado Barêtta
Delegado Barêtta

“Há uma denúncia de que a criança sofria maus-tratos pelos pais, inclusive a médica plantonista identificou uma possível fratura na costela da criança”, disse o delegado.

Ainda conforme Barêtta, a assistente social do hospital também entrou em contato com o departamento. "A assistente do hospital do Santa Maria, após ela ter tentado entrar em contato com instituições como por exemplo o Conselho Tutelar e a DPCA e não tendo êxito, recorreu aqui ao departamento de homicídios e eu determinei que fosse feito o atendimento, inclusive com a requisição do exame cadavérico no corpo da criança."

O delegado informou que o Instituto de Medicina Legal levou o corpo da bebê para autopsia, a fim de confirmar a causa da morte da criança. A Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente (DPCA) tomou posse do caso e iniciará a investigação. Até o momento ninguém foi preso.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.