GP1

Polícia

Segurança é presa acusada de praticar estelionato na OLX em Teresina

A suspeita identificada como Gessyka Walderlany Pinheiro Lages foi levada pelo Greco à Central de Flagrantes.

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), prendeu nesta segunda-feira (25), no bairro Santa Isabel, uma mulher identificada como Gessyka Walderlany Pinheiro Lages, de 32 anos, acusada de praticar estelionato no site de compras OLX. A suspeita trabalha como segurança de uma empresa privada.

De acordo informações repassadas pelo Greco, a suspeita oferecia cachorros da raça Golden Retriever no site de venda e marcava com os futuros compradores em um posto de combustíveis no bairro Santa Isabel para mostrar o animal. Ao chegar ao local, Gessyka mostrava um cachorro com as mesmas características do anunciado na OLX, mas afirmava que o que seria vendido era um mais novo e que somente seria entregue no mês de fevereiro, mediante pagamento de parte do valor negociado.

Foto: DivulgaçãoGessyka Walderlany Pinheiro Lages
Gessyka Walderlany Pinheiro Lages

A acusada fechava as negociações no valor de R$ 3 mil, e recebia parte deste valor. Logo em seguida, ela deixava de atender as ligações das vítimas.

Ainda segundo o Greco, só neste final de semana, duas pessoas foram enganadas pela mulher. Uma delas realizou transferência de R$ 1.100,00, cuja maior parte do valor foi recuperada. A outra pessoa percebeu que se tratava de um golpe e acionou um policial que pediu apoio para a execução da diligência.

O animal usado para concretizar o crime foi apreendido e será entregue a familiares da investigada que foi autuada por estelionato e encaminhada à Central de Flagrantes.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.