GP1

Polícia

Bandido morto por PM em Teresina respondia por receptação e roubo

O criminoso tinha sido preso pela última vez em novembro de 2020, mas foi posto em liberdade.

O bandido que foi morto ao tentar assaltar o cabo Ribamar, da Polícia Militar do Piauí, na manhã desta quarta-feira (17), no bairro Vamos Ver o Sol, foi identificado como Weverton Douglas da Silva Limeira, de 21 anos. O GP1 apurou que ele respondia pelos crimes de roubo e receptação.

Weverton foi preso em julho de 2018 após ser detido por populares por conta de um assalto realizado no bairro Promorar, na zona sul de Teresina. O acusado havia roubado um celular modelo Samsung J7 usando um simulacro de arma de fogo.

Foto: Reprodução/WhatsappWeverton Douglas da Silva Limeira
Weverton Douglas da Silva Limeira

Dois anos depois, em novembro de 2020, Weverton foi novamente preso pela Polícia Militar acusado de receptação de veículos. No entanto, ele foi posto em liberdade provisória por decisão do juiz de direito plantonista, Reinaldo Araújo Magalhães Dantas.

Entenda o caso

Um policial militar identificado como cabo Ribamar reagiu a um assalto e matou um bandido, identificado como Weverton Douglas da Silva Limeira, no início da manhã desta quarta-feira (17), por volta de 5h, na Avenida Agricolândia, no bairro Vamos Ver o Sol, nas proximidades da Casa de Custódia, zona sul de Teresina.

De acordo com o sargento Nascimento, da Companhia de Policiamento Independente do Promorar, o PM também ficou ferido, mas conseguiu revidar aos disparos feitos pelo suspeito que caiu morto ainda no local da ocorrência. O bandido foi atingido com quatro disparos na região do tórax e no joelho.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.