GP1

Polícia

DHPP registra três assassinatos em pouco mais de 24 horas em Teresina

Os casos ocorreram nos bairros Poti Velho, Ilhotas e Itaperu e já estão sob investigação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Durante o final de semana, em um período de 24 horas, entre o sábado (06) e este domingo (07), a Polícia Civil, através do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), registou três assassinatos somente em Teresina. Os casos ocorreram nos bairros Poti Velho, Ilhotas e Itaperu.

O primeiro caso registrado foi contra um subtenente da Polícia Militar de Alagoas, identificado João Wellington Bezerra Lins, que morreu durante uma troca de tiros registrada na manhã de sábado (06) no bairro Poti Velho, zona norte de Teresina. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas não resistiu aos ferimentos. Segundo o DHPP, a motivação do homicídio foi uma dívida de R$ 75 mil, referente a uma carga de cigarros.

Foto: Marcelo Cardoso/GP1DHPP esteve no local
DHPP esteve no local

Bairro Ilhotas

No início da noite de sábado (06), um jovem de 29 anos, identificado apenas pelas iniciais D. O. S. S., foi executado a tiros no bairro Ilhotas, localizado na região centro-sul de Teresina.

Segundo as informações repassadas pelo comandante do 1° Batalhão da Polícia Militar, coronel Lacerda, o crime aconteceu por volta das 18h30, no residencial Murilo Resende, no bairro Ilhotas. O comandante informou ao GP1 que o crime foi cometido por mais de uma pessoa, mas que não foram identificadas.

Bairro Itaperu

Já o último caso, foi registrado na tarde deste domingo (07), quando um homem ainda não identificado foi morto com um tiro, na rua Castelo do Piauí, bairro Itaperu, na zona norte de Teresina.

Segundo o 9º Batalhão da Polícia Militar do Piauí, o homem foi alvejado na rua e correu para dentro de um posto de lavagem, onde não resistiu ao ferimento e morreu. “Ele estava na rua quando dois homens chegaram em uma moto e efetuaram um tiro. Ele correu e foi para dentro do posto de lavagem, ele morreu lá”, relatou capitão Oziel que atendeu a ocorrência.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.