GP1

Política

Professor Zé Filho diz que recebe salário inferior ao listado pelo TCE

Conforme a nota, o prefeito professor Zé Filho recebe remuneração de “R$ 10.972,00, (remuneração fixada ainda em 2012).

O prefeito do município de Cabeceiras do Piauí, professor Zé Filho, encaminhou nota de esclarecimento referente à matéria “TCE divulga lista de prefeitos com os 50 maiores salários no Piauí”, publicada no último dia 12 de fevereiro, e ressaltou que o valor que recebe como salário é inferior ao listado na reportagem.

O levantamento representa uma ação para orientar os gestores e prevenir irregularidades quanto ao pagamento dos subsídios dos agentes políticos municipais no decorrer do quadriênio atual, 2021/2024, considerando que o descumprimento das regras e prazos para a fixação pode gerar repercussões negativas na análise da gestão das Prefeituras e Câmaras Municipais.

Conforme a nota, o prefeito professor Zé Filho recebe remuneração de “R$ 10.972,00, (remuneração fixada ainda em 2012) respeitando, inclusive, o que preleciona a Lei Complementar 173/2020”, portanto, abaixo do valor informado pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí, que é R$ 16.413,00 (dezesseis mil, quatrocentos e treze reais).

Confira a nota na íntegra

Com relação ao que foi veiculado na matéria do dia 12/02/2021 pelo Portal GP1, apresentando uma lista com supostos subsídios percebidos pelos gestores municipais do estado do Piauí, encontra-se inconsistência no valor divulgado como "salário" do Prefeito de Cabeceiras do Piauí, Prof. Zé Filho, uma vez que este gestor percebeu remuneração consideravelmente inferior à divulgada, em verdade, R$ 10.972,00, (remuneração fixada ainda em 2012) respeitando, inclusive, o que preleciona a Lei Complementar 173/2020.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.