GP1

Política

Wellington Dias vai dialogar individualmente com aliados visando 2022

Neste primeiro momento, a maior preocupação gira em torno da composição da chapa proporcional com o fim das coligações.

O governador Wellington Dias (PT-PI) quer consolidar seu grupo político para as eleições de 2022. Os entendimentos serão iniciados na próxima segunda-feira (22) quando o chefe do executivo piauiense vai retornar de uma licença médica.

Wellington vai dialogar de forma individual com cada aliado para organizar a casa e dissolver os conflitos internos. Neste primeiro momento, a maior preocupação gira em torno da composição da chapa proporcional com o fim das coligações.

Foto: Lucas Dias/GP1Wellington Dias
Wellington Dias

Ofensiva

O governador tem agido para neutralizar as investidas de seu principal adversário político no Estado, o senador e presidente nacional do Progressistas, Ciro Nogueira.

Ciro já esteve reunido com diversos nomes que compõem a base do Palácio de Karnak e o último encontro de grande repercussão ocorreu com o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themístocles Filho (MDB).

O senador tem trabalhado de maneira incansável para construir um time forte e viabilizar o projeto de ser eleito governador do Piauí em 2022.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.