GP1

Política

Júlio Arcoverde descarta aliança com Dr. Pessoa e reforça PP na oposição

“Não vejo problema [na aliança entre Dr. Pessoa e Ciro] desde que seja uma parceria administrativa. Nós temos que ficar na oposição”, assegurou Arcoverde.

O presidente do Progressistas no Piauí, deputado estadual Júlio Arcoverde, disse ao GP1 neste sábado (20), que está descartada a possiblidade de haver uma parceria política entre o senador Ciro Nogueira (presidente nacional do PP) e o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB). De acordo com Júlio, politicamente o PP vai continuar em oposição ao Palácio da Cidade.

Júlio Arcoverde explicou que o ideal é que o alinhamento entre os dois, se dê apenas no plano administrativo, com foco nas questões de interesse da Capital.

Foto: Lucas Dias/GP1Júlio Arcoverde
Júlio Arcoverde

“Não vejo problema [na aliança entre Dr. Pessoa e Ciro] desde que seja uma parceria administrativa. Política eu não vislumbrado agora ou em qualquer momento, uma parceria política entre o Ciro e o Dr. Pessoa. Nós votamos no professor Kleber, a população quis que a gente ficasse na oposição. Assim eu acredito que nós temos que ficar na oposição”, assegurou Arcoverde.

“Agora não podemos fazer oposição a cidade de Teresina, nós do Progressistas somos gratos pelo que a população da cidade faz com nosso partido. A intenção é que a gente faça parceria [com a prefeitura] lá na frente administrativa e nunca política”, arrematou o presidente do PP no Piauí.

Agenda

Na semana passada o coordenador da bancada federal do Piauí, deputado Átila Lira, que é do Progressistas, teve audiência com prefeito Dr. Pessoa para tratar da destinação de emendas para a Capital. Esse encontro acabou levantando questionamentos acerca de uma possível aliança entre o chefe do Palácio da Cidade e o senador Ciro Nogueira, sobretudo neste momento, em que existe um estremecimento na relação de Pessoa com seu partido, o MDB.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.