GP1

Política

“Deixa uma lacuna”, diz Francisco Limma após morte de Firmino Filho

“Firmino Filho à frente da prefeitura, prestou relevantes serviços à população de Teresina", falou Limma.

O Partido dos Trabalhadores do Piauí, por meio de seu presidente, o deputado estadual Francisco Limma, lançou nota de pesar pelo falecimento do ex-prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB) nesta terça-feira (06). Limma destacou os relevantes serviços prestados à população da cidade nas oportunidades em que o ex-prefeito esteve à frente do município.

“Firmino Filho à frente da prefeitura, prestou relevantes serviços à população de Teresina nos quatro mandatos em que esteve no órgão”, destacou o presidente do PT.

Francisco Limma ainda relembrou os momentos em que Firmino ocupou outros espaços na vida pública da Capital. “Inteligente, de discurso preciso e embasado, Firmino deixa uma lacuna no cenário político do Piauí”, disse outro trecho da nota.

Foto: Lucas Dias/GP1Francisco Limma
Francisco Limma

Nota de pesar

É com profundo pesar que nós do Partido dos Trabalhadores do Piauí, lamentamos o falecimento do ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho.

Firmino Filho à frente da prefeitura, prestou relevantes serviços à população de Teresina nos quatro mandatos em que esteve no órgão.

Vereador, presidente da Fundação Municipal de Saúde, Secretário Municipal de Finanças e deputado estadual.

Inteligente, de discurso preciso e embasado, Firmino deixa uma lacuna no cenário político do Piauí.

Nossa solidariedade à sua esposa, deputada estadual Lucy Soares, seus filhos Bruno, Bárbara e Cristina, demais familiares. E amigos. Que a luz divina posso confortar à todos.

Francisco Limma, presidente do PT Piauí.

A tragédia

O ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho, foi encontrado morto na tarde desta terça-feira (06), na frente do edifício Manhattan River Center, Avenida Arêa Leão, na zona leste de Teresina. O GP1 apurou que o ex-gestor vinha sofrendo de uma depressão severa. Firmino morreu aos 57 anos e deixa três filhos.

De acordo com informações colhidas por nossa reportagem no local, Firmino estava no escritório do Tribunal de Contas da União (TCU), quando caiu do 14º andar do prédio.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.