GP1

Política

“Não afirmei que o STF toma decisões inconstitucionais”, diz Lira

O presidente da Câmara dos Deputados afirmou que sua declaração dada mais cedo foi tirada de contexto.

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (Progressistas-AL), usou as redes sociais na noite desta quinta-feira (09) para esclarecer que não afirmou que o Supremo Tribunal Federal (STF) toma decisões inconstitucionais. O deputado disse que sua declaração foi tirada de contexto.

Arthur Lira explicou que jamais diria que o STF profere decisões inconstitucionais. O deputado reafirmou que toda decisão judicial deve ser cumprida, mesmo podendo ser questionada posteriormente.

“Quero esclarecer uma fala que fiz mais cedo e que está sendo descontextualizada. Não afirmei que o STF toma decisões inconstitucionais. Jamais o faria. Decisão judicial se cumpre. Pode ser questionada depois, na esfera judicial. Mas deve ser cumprida”, frisou.

Declaração

Durante entrevista coletiva hoje mais cedo, Arthur Lira disse que decisões judiciais podem ser contestadas, mas devem ser cumpridas. “Ninguém é obrigado a cumprir decisão inconstitucional, mas decisão correta, da Justiça, lógico que se cumpre. Decisão da Justiça se recorre, se contesta, mas se cumpre”, declarou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.