TV GP1

Adolescente ri ao confessar assassinato de Ítalo Rodrigo

Ele relatou que não se arrepende de ter cometido o crime e sorriu ao ser indagado pelos policiais: “mas eu não consigo segurar”, disse aos risos.

  -   atualizado