Governo do Piauí volta a negociar para atrair o PMDB

- atualizado

Depois da aprovação da PEC 03/16, que estabelece um teto para as despesas públicas do Piauí, na última segunda-feira, pela Assembleia Legislativa, representantes do Governo voltaram a procurar lideranças do PMDB para acertar a participação do partido na administração, segundo revelação feita por um influente secretário de Wellington Dias.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1 Wellington DiasWellington Dias

O PMDB se mostra reticente, mas o Palácio de Karnak quer selar o acordo com indicação de pelo menos dois deputados para importantes cargos na administração pública. "Uma das engenharias políticas" em andamento seria a volta de Henrique Rebelo para a Assembleia Legislativa, indo para o seu lugar na Secretaria de Ação Social o atual secretário de Justiça, Daniel Oliveira.

Para o lugar de Daniel Oliveira o governador convidaria o deputado Zé Santana (PMDB). A vaga na Assembleia está aberta por causa da renúncia de Joel Rodrigues, que se elegeu prefeito de Floriano.

EXCLUSIVAS

Recesso

Estou saindo de férias no dia 2 de janeiro e só volto, com a Graça de Deus, no dia 17. Até lá, mesmo oficialmente de folga, prometo interromper a tranquilidade se tiver conhecimento de algum fato importante.

Cheiro de operação

A última nota que publiquei nesta coluna com o título acima foi há quatro ou cinco meses. Três dias depois "pipocou" uma operação da Polícia Federal.

Estiagem de janeiro

Agora sinto o cheiro da conhecida estiagem de 10 a 20 dias de janeiro, que vem depois de algumas chuvas.

Ato de coragem

Colegas do tempo de colégio durante o ensino fundamental de Radielson Alves Batista, morto a tiros na última segunda-feira na Cidade Jardim, revelaram ontem (27), pedindo omissão de seus nomes em provável noticiário, ter tomado conhecimento de que "ele morreu ao colocar seu corpo na frente das balas que preferencialmente eram dirigidas para seu irmão, Raimundo José Batista Junior", que apesar do "escudo humano", também morreu.

Visado pelo tráfico

De acordo com os jovens que deram a informação o irmão visado pelo atirador era Raimundo José Batista Júnior, que depois do ensino fundamental "tomou um outro rumo, o rumo do tráfico". Quando o motoqueiro chegou perto dos dois, Radielson percebeu que o alvo era Raimundo e se colocou imediatamente na frente dele, mas não adiantou porque depois de baleado três vezes o assassino disparou contra o outro.

Socorro candidata

  • Foto: Lucas Dias/GP1Socorro WaquimSocorro Waquim

Eleita vereadora pelo PMDB, mas sem a expressiva votação que se esperava a ex-prefeita de Timon, Socorro Waquim, já prepara sua campanha para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão.

Atrapalha Alexandre

  • Foto: Lucas Dias/GP1Alexandre AlmeidaAlexandre Almeida

Unida a Alexandre Almeida na eleição para a Prefeitura de Timon, vencida com mais de 10 mil votos por Luciano Leitoa, Socorro Waquim agora vai disputar o mesmo eleitorado com Alexandre, que não gostou da ideia da candidatura da até bem pouco tempo aliada.

Segunda derrota

Em 2012 Timon tinha três candidatos: um apoiado pela então prefeita Socorro: Alexandre Almeida, que tinha o apoio de Roseana Sarney: e Luciano Leitoa, que tinha a simpatia popular e venceu a eleição.

Solidariedade à colega parnaibano

  • Foto: Lucas Dias/GP1Coronel Carlos AugustoCoronel Carlos Augusto

A coluna se solidariza com o colega parnaibano Denilson Freitas, impedido, com truculência por um oficial da PM, de realizar o seu trabalho. O jornalismo não pode se curvar diante de atos draconianos e intolerantes mesmo que a força bruta seja realçada por quem quer que seja. É inconcebível e o comandante da PM, Carlos Augusto, precisa tomar providências.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.


Sobre o autor

Bacharel em Direito, Feitosa Costa é jornalista desde 1977 e escreve a Coluna Política & Bastidores. Contato: (86) 98162 1515 / 99987 8114