Piauí - Teresina

Delegacia de Homicídios procura ex-rei Momo de Teresina

Ele é proprietário da casa onde o veículo modelo Nissan Versa, usado no crime que terminou na morte do cabo da Polícia Militar, Valdir Mendonça do Vale, foi encontrado.

PRISCILA CALDAS

- atualizado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios de Teresina está à procura de José Ivaldo Firmino de Oliveira Júnior, conhecido como "Júnior Boca", ex-rei Momo do Carnaval de Teresina em 2015.

  • Foto: Divulgação/PCNissan VersaNissan Versa

Ele é proprietário da casa onde o veículo modelo Nissan Versa, utilizado para dar apoio ao assalto ao tesoureiro da clínica Ortomed, que terminou na morte do cabo da Polícia Militar, Valdir Mendonça do Vale, assassinado no último dia 7 de março de 2017, durante uma troca de tiros com bandidos na Avenida Jóquei Clube, zona leste de Teresina, foi encontrado.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Delegado BarêttaDelegado Barêtta

“Eu determinei que duas equipes saíssem a procura dele e ele tá sendo procurado. Ao ser encontrado, o mesmo será conduzido coercitivamente para cá”, disse o coordenador da Delegacia de Homicídios, Francisco Costa, o Barêtta, em entrevista ao GP1 na manhã desta sexta-feira (17).

Relembre o crime

Cabo Valdir exercia a atividade de policial há mais de 22 anos e era lotado no 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM), localizado na zona leste de Teresina. Ele foi atingido com um tiro na perna e outro no peito. O PM chegou a ser socorrido e levado com vida do local, mas morreu à caminho Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Um vídeo mostra o assalto que resultou na morte do agente de segurança pública.

O corpo do cabo Valdir foi velado na Igreja Evangélica Assembleia de Deus, no bairro Vale do Gavião, zona leste de Teresina, e enterrado na cidade de Olho D’Água.

  • Foto: Facebook/Valdir do ValeCabo Valdir Cabo Valdir

No sábado (11), lideranças do Vale do Gavião, onde o policial militar morava, realizaram uma caminhada pedindo paz às autoridades, sobretudo no bairro, além de prestarem uma homenagem ao Cabo Valdir. Tanto o secretário de Segurança Pública, capitão Fábio Abreu, como a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Piauí (OAB-PI), lamentaram o caso.

Ao todo, cinco pessoas foram presas e uma adolescente apreendida, em operações conjuntas das Polícias Militar e Civil, suspeitas de participação no crime. São elas: José Santos Torres Neto, conhecido como Zé Neto, Regifran Marques Santos, Luis José de Oliveira Neto, Wilberson de Sousa SilvaJuliano Kelson Mourão da Silva e a estagiária da clínica Ortomed.