Mundo

Ex-presidente Fidel Castro morre aos 90 anos em Havana

O corpo do ex-presidente de Cuba deverá ser cremado ainda hoje (26), em Havana, e as cinzas serão enterradas no dia 4 de dezembro, na cidade de Santiago de Cuba.

PRISCILA CALDAS E NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Foi anunciado na madrugada deste sábado (26) a morte do ex-presidente de Cuba e líder da Revolução Cubana, Fidel Alejandro Castro Ruz. Ele morreu aos 90 anos, na capital do país, Havana.

A informação foi divulgada pelo Governo do país, por meio do irmão, Raúl Castro, durante pronunciamento feito na TV estatal cubana. "Com profunda dor compareço para informar ao nosso povo, aos amigos da nossa América e do mundo que hoje, 25 de novembro do 2016, às 22h29, faleceu o comandante da Revolução Cubana, Fidel Castro Ruz", disse.

  • Foto: André Dusek/Estadão ConteúdoFidel CastroFidel Castro

Ainda segundo o irmão, o corpo de Fidel Castro deverá ser cremado ainda hoje (26), em Havana, e as cinzas serão enterradas no dia 4 de dezembro, na cidade de Santiago de Cuba, após percorrerem o país numa caravana de quatro dias. Além disso, Cuba declarou nove dias de luto oficial pela morte do ex-presidente.

Trajetória

Fidel Alejandro Castro Ruz nasceu em 13 de agosto de 1926 em Havana .Ele foi um político e revolucionário que governou a República de Cuba como primeiro-ministro de 1959 a 1976 e depois como presidente de 1976 a 2008. Fidel também serviu como Primeiro Secretário do Partido Comunista de Cuba de 1961 até 2011. Sob sua administração, Cuba tornou-se um Estado socialista unipartidário. A indústria e os negócios foram nacionalizados e reformas socialistas foram implementadas em toda a sociedade.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Ex-presidente Fidel Castro morre aos 90 anos em Havana
http://www.gp1.com.br/noticias/ex-presidente-fidel-castro-morre-aos-90-anos-em-havana-405003.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.