Mundo

Governo de Donald Trump anuncia saída dos EUA da Unesco

O governo do presidente Donald Trump estava se preparando para uma possível retirada da Unesco há meses.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O presidente Donald Trump decidiu que os Estados Unidos não irá mais fazer parte da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) a partir do dia 31 de dezembro deste ano, informou O Globo. O anúncio ocorreu próximo da eleição, que acontecerá dia 18 de outubro, para escolha do novo diretor geral que irá representar 58 países.

Em sua decisão, os Estados Unidos alegam que a Unesco tenha um viés "anti-Israel". Além disso, o candidato que está melhor posicionado para vencer a eleição seria o candidato do Qtar, Adulaziz al-Kawari, que não é visto com bom olhos pelos EUA, como sendo alguém que não é tão amigável as questões envolvendo Israel.

  • Foto: Reuters/Yuri GripasDonald TrumpDonald Trump

Segundo O Globo, o governo do presidente Donald Trump estava se preparando para uma possível retirada da Unesco há meses. Representantes diplomáticos dos EUA que seriam enviados à missão pela organização neste ano foram informados que seus postos estavam suspensos e aconselhados a buscarem outras vagas.

Os Estados Unidos ainda pretende continuar com as restrições financeiras impostas à Unesco em 2011, após a Palestina ter sido incluída como um membro. A Unesco é mais conhecida por seu programa de Patrimônio Mundial para proteger lugares e tradições culturais em todo o mundo. Ela também trabalha para melhorar a educação das crianças em países extremamente pobres e no campo científico, para promover uma melhor compreensão dos horrores do Holocausto e para defender a liberdade dos meios de comunicação, entre outras atividades.

Mais conteúdo sobre: