Piauí - Teresina

Gustavo Henrique reclama do atendimento do Corpo de Bombeiros

As altas temperaturas de Teresina, no chamado B-R-O BRÓ tem intensificado as queimadas na Capital.

RAISA BRITO

- atualizado

As altas temperaturas de Teresina, no chamado B-R-O BRÓ tem intensificado as queimadas na Capital. Desde a última terça-feira (11), uma cortina de fumaça parece ter tomado de conta da cidade. Com o aumento dos focos de incêndios, o Corpo de Bombeiros tem se desdobrado para atender toda a população, o que muitas vezes não está sendo possível.

Em um vídeo enviado ao GP1, o presidente municipal do PSC, Gustavo Henrique denuncia a demora no atendimento do Corpo de Bombeiros, em uma ocorrência registrada no bairro Piçarreira, zona leste de Teresina.  Nas imagens, ele mostra um foco de incêndio em um matagal, próximo a residências.   

No primeiro vídeo, Gustavo Henrique relata que ligou para o Corpo de Bombeiros às 17h30 e foi informado pelo oficial, que não seria possível atender o chamado no momento, pois não tinha nenhuma viatura disponível.

No segundo vídeo, ele mostra que o pequeno foco, já tomou outras proporções. O fogo já começa a se espalhar e após quase duas horas de espera, o Corpo de Bombeiros ainda não tinha aparecido no local. Gustavo lembra que o incêndio fica próximo a um depósito de lixo da prefeitura e que mesmo assim nenhuma providência foi tomada.

Ele finaliza pedindo mais atenção das autoridades públicas. “É lamentável vermos a omissão do poder público, é lamentável vermos a falta de condição e estrutura que o nosso Corpo de Bombeiros passa. Também tem um pouco da culpa do povo, porque um fogo como esse não começou do nada. Alguém iniciou de forma irresponsável esse incêndio”, lamentou.  


Link do texto:

Gustavo Henrique reclama do atendimento do Corpo de Bombeiros
http://www.gp1.com.br/noticias/gustavo-henrique-reclama-do-atendimento-do-corpo-de-bombeiros-402734.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.