PI - José de Freitas

Homem é preso acusado de estuprar sobrinhas em José de Freitas

Os abusos cometidos contra as menores já aconteciam desde ano passado e a investigação foi solicitada para a Polícia Civil, através do conselho tutelar.

FELIPE PEDRO

- atualizado
  • Foto: Divulgação/Polícia CivilMomento da prisão do crminoso na zona rural de José de FreitasMomento da prisão do crminoso na zona rural de José de Freitas

Após trabalho investigativo, a Policia Civil do município de José de Freitas cumpriu mandato de prisão preventiva na tarde desta quinta-feira (16), contra um homem identificado como Antônio Soares Borges dos Santos, 49 anos. Ele é suspeito de estuprar duas menores que são suas sobrinhas, uma de 17 e outra de 14 anos. No momento da prisão o criminoso reagiu e apontou um facão em direção aos policiais, que tiveram que usar força moderada para efetuar a ação. A prisão foi feita na casa de Antônio, na comunidade Varzea do Araripe, zona rural de José de Freitas.

Segundo o delegado de José de Freitas, Jarbas Lima, os abusos cometidos contra as menores já aconteciam desde ano passado e a investigação foi solicitada para a polícia através do conselho tutelar local, que chegou a confirmação dos abusos, após ter feito alguns exames como o de conjunção carnal e psicológico, e com a própria confissão de uma das vítimas. “A investigação iniciou-se no começo de fevereiro [de 2017]. A denúncia chegou através do conselho tutelar, informando que havia um tio que estuprava as próprias sobrinhas na zona rural de José de Freitas. Diante de disso, nós começamos as investigações. Foi realizado um relatório pelo conselho tutelar, relatando os abusos, as menores fizeram um acompanhamento psicológico, cujo o laudo deu que elas estavam sendo abusadas e as mesmas foram enviadas ao Serviço de Atendimento à Vítima de Violência Sexual (Savvis) para fazer um exame de conjunção carnal. Uma delas confirmou os abusos e, diante disso, nós solicitamos a prisão preventiva do elemento”, explicou o delegado em entrevista ao GP1.

Ainda segundo informações de Jarbas, a vítima informou ao conselho que sua família passa por problemas financeiros e de saúde. “A vítima relatou que a família dela é muito pobre, tem dias que não tem o que comer. A mãe das menores sofre de depressão e toma remédio controlado e o pai é alcoólatra”, concluiu. 

O suspeito já foi preso no ano de 2011 por ter cometido o mesmo crime. Ele foi encaminhado à delegacia regional local para ser ouvido e depois será encaminhado para a penitenciária.

* Com informações de Thais Souza
 

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB