Bizarro

Homem mantém corpo da esposa na geladeira por oito anos nos EUA

O marido recebeu mais de US$ 92 mil do Seguro Social da esposa, que morreu em 2002.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Um homem da Flórida, nos Estados Unidos, manteve em um refrigerador durante oito anos o corpo de sua esposa para receber a pensão federal dela.

De acordo com informações do site Uol, Allan Dunn, que morreu em 2010, recebeu mais de US$ 92 mil do Seguro Social de sua esposa Margaret, que morreu em 2002 na casa que eles viviam em Sun City, no oeste da Flórida.

Ao descobrir o caso, o governo dos EUA exigiu que os filhos de Dunn reembolsassem US$ 15 mil, após vender a casa e pagar as dívidas do pai. As autoridades americanas só descobriram que Margaret tinha morrido oito anos depois.

Os filhos do casal, que não sabiam que o pai havia escondido a morte da mãe, renunciaram ao direito de herdar a casa e a colocaram a venda e, depois de pagar os impostos atrasados, repassaram US$ 15 mil ao governo americano.

Mais conteúdo sobre:

MAIS LIDAS