Piauí

HUT está há duas semanas sem medicamento Fentanil

Segundo denúncia recebida pelo GP1, a escassez da medicação acontece, porque os distribuidores não estão recebendo pagamento.

PRISCILA CALDAS E BRUNA DIAS

- atualizado

O GP1 recebeu uma denúncia sobre a falta do medicamento Fentanil na maior unidade hospitalar do Piauí, o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). De acordo com o denunciante, a falta de medicamento acontece há cerca de duas semanas.

O Fentanil é usado em sedoanalgesia para pacientes graves, a fim de controlar o estresse e as dores intensas nas pessoas que estão doentes, principalmente os que estão em ventilação mecânica. O denunciante disse também que a escassez da medicação acontece, porque segundo os distribuidores, a Fundação Hospitalar de Teresina (FHT) não está realizando o pagamento dos mesmos. 

  • Foto: Lucas Dias/GP1HUTHUT

Outro lado

Procurada nesta sexta-feira (18), a assessoria de imprensa do HUT informou por meio de nota, que a empresa vencedora da licitação está com dificuldades para fazer o transporte do medicamento e, afirmou, que o Fentanil está previsto para ser entregue na terça-feira (22).

Confira a nota na íntegra!

Com relação à denúncia feita sobre a falta de Fentanil na farmácia do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) a direção explica: A Fentanil é uma droga que pode ser associada com outras na sedação de pacientes. No momento a empresa vencedora da licitação está com dificuldades para entregar o medicamento no prazo. O HUT está buscando no mercado local empresas que possam atender a necessidade do hospital de forma emergencial. Enquanto isso, para não prejudicar o atendimento, o HUT está utilizando outras drogas para fazer a associação e solicitando a outros hospitais da rede o empréstimo da medicação. 

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

HUT está há duas semanas sem medicamento Fentanil
http://www.gp1.com.br/noticias/hut-esta-ha-duas-semanas-sem-medicamento-fentanil-404592.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.