Piauí - Teresina

João Henrique defende mais de uma candidatura da oposição

“A princípio, tenho que resolver as questões dentro do meu partido, mas sem dúvida eu tenho conversando com toda estrutura de oposição para que essa estrutura se expanda", disse ele.

GERMANA CHAVES

- atualizado

O presidente do Conselho Nacional do Sesi e ex-ministro dos Transportes, João Henrique Sousa informou ao GP1que antes de intensificar as conversas com os partidos de oposição terá que solucionar o impasse interno no PMDB, de onde é vice-presidente. Contudo, mesmo com o imbróglio, ele adiantou que tem mantido contato com os representantes da oposição que já começaram a discutir as estratégias que deverão ser amadurecidas no próximo ano.

  • Foto: Lucas Dias/GP1João HenriqueJoão Henrique

“A princípio, tenho que resolver as questões dentro do meu partido, mas sem dúvida eu tenho conversando com toda estrutura de oposição para que essa estrutura se expanda e que possa chegar forte as convenções definindo uma ou mais candidaturas. Aliás, eu até defendo a tese de que a oposição tenha mais de uma candidatura”, externou o ex-ministro.

Nesta segunda-feira (02,), a Executiva Estadual do PMDB piauiense se reuniu e decidiu cancelar uma convenção extraordinária que seria realizada em janeiro do próximo ano. A convenção sugerida pelo ex-ministro e aprovada pela executiva peemedebista, tinha como propósito ouvir a opinião dos delegados quanto ao cominho que deverá ser trilhado pela agremiação, isso porque, a bancada de deputados da sigla está no Governo do Piauí e defende a manutenção desse alinhamento. Por outro lado, o grupo liderado por João Henrique, quer que o PMDB lance candidato próprio ao Palácio de Karnak, inclusive, o ex-ministro está posto como opção ao cargo em 2018.

Mais conteúdo sobre: